sicnot

Perfil

Mundo

Um surpreendente "efeito secundário" de se ter muitos amigos

A amizade tem um número considerável de benefícios para a saúde, está estudado. Uma nova investigação vem agora acrescentar um surpreendente "efeito secundário" de se ter muitos amigos: quanto mais amigos, menos a dor é dolorosa.

© Victor Ruiz / Reuters

Os investigadores suspeitavam que as endorfinas são as responsáveis para esta correlação. "As endorfinas têm um papel tanto na dor como no prazer", explica Katerina Johnson, uma das autoras do estudo publicado na Scientific Report da revista Nature.

Quando fazemos exercício físico, o organismo liberta endorfinas - substâncias químicas que têm um poder de alívio da dor, como faz a morfina. Há a teoria de que a amizade também essa capacidade - ao ser estabelecida uma relação afetiva o cérebro dá a "recompensa" de um bem estar fornecido pelas endorfinas libertadas.

Numa experiência com 100 voluntários, cada um falou primeiro das suas relações de amizade - o circulo mais próximo com quem contactam semanalmente e os amigos que contactam mensalmente. Os participantes foram depois desafiados a agacharem-se contra uma parede com as pernas num ângulo de 90º - e aguentarem o mais tempo que conseguissem.

Aqueles que tinham mais amigos ficaram mais tempo. Os investigadores calculam que tenham uma maior tolerância à dor por terem mais endorfinas.

Outra das observações interessantes foi perceber que as pessoas que estavam em melhor forma física ou mais stressadas tinham menos amigos mas aguentarm bastante tempo contra a parede - produzem as endorfinas de outra forma, sem ser através dos amigos.

Os investigadores acreditam que estas conclusões poderão ajudar na compreensão da ligação entre endorfinas e doenças mentais como a depressão, que acaba por desencadear um comportamento anti-social.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.