sicnot

Perfil

Mundo

Dois acusados em Inglaterra de financiar suspeito dos atentados de Paris e Bruxelas

Dois homens acusados de apoiar financeiramente um dos suspeitos dos atentados terroristas de Paris e de Bruxelas compareceram hoje perante um tribunal de Londres, indicou o procurador local.

© Yves Herman / Reuters

O britânico Mohammed Ali Ahmed, de 26 anos, e o belga Zakaria Boufassil, também de 26 anos, são acusados de ter dado 3.000 libras (cerca de 3.800 euros) a Mohamed Abrini, um belga de origem marroquina, também conhecido como o "homem do chapéu", que é considerado como um dos suspeitos-chave dos atentados de 13 de novembro de 2015 em Paris e dos ataques de 22 de março deste ano em Bruxelas.

Os dois homens compareceram hoje diante do tribunal de Westminster, na capital britânica, depois de terem sido detidos no passado dia 15 de abril juntamente com outras três pessoas.

Estas detenções foram feitas no âmbito de uma investigação da unidade antiterrorismo da polícia do condado de West Midlands (centro de Inglaterra).

De acordo com a investigação, os dois homens disponibilizaram dinheiro e outros bens a Mohamed Abrini quando este passou pelo território britânico no verão passado.

"Sabiam ou tinham motivos para suspeitar que [o dinheiro] seria utilizado para fins terroristas", segundo a polícia.

Uma terceira pessoa, Soumaya Boufassil, de 29 anos, também foi hoje acusada pelo tribunal de Westminster de angariação de fundos relacionados ao terrorismo.

Mohamed Abrini, de 31 anos, detido no passado dia 09 de abril, é suspeito de estar envolvido na logística dos atentados de Paris, que fizeram 130 mortos e várias centenas de feridos.

Um dia antes dos atentados na capital francesa, Abrini foi filmado na companhia de Salah Abdeslam, outro suspeito-chave dos ataques, numa estação de serviço de Oise (norte de Paris).

Os dois homens estavam a conduzir um carro que foi posteriormente utilizado para convocar os membros dos vários comandos envolvidos nos atentados em Paris.

Abrini foi igualmente reconhecido como o "homem do chapéu" que acompanhou os dois suicidas que se fizeram explodir em março passado no aeroporto internacional Bruxelles-Zaventem. Os atentados na capital belga fizeram 32 mortos.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.