sicnot

Perfil

Mundo

Antigo padre australiano condenado a 29 anos de prisão por pedofilia

Um tribunal australiano condenou hoje um antigo padre católico a 29 anos de prisão por ter abusado sexualmente de mais de uma dezena de crianças numa zona rural do país, entre 1979 e 1988, informa a imprensa local.

LUSA

John Joseph Farrell, de 62 anos, que abusou de três meninas e nove meninos nas cidades de Moree e Tamworth, foi considerado culpado de 62 crimes sexuais contra menores e outros 17 delitos, segundo a agência local AAP.

O juiz Peter Zahra, do tribunal do distrito de Sydney, disse que, apesar de alguns crimes de Farrell parecerem espontâneos à primeira vista, eram fruto de longa preparação e sedução das vítimas e dos seus pais.

Farrell não pode sair em liberdade condicional por um período de 18 anos, incluindo o tempo que já passou detido, não podendo ser libertado até 2033.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.