sicnot

Perfil

Mundo

Antigo padre australiano condenado a 29 anos de prisão por pedofilia

Um tribunal australiano condenou hoje um antigo padre católico a 29 anos de prisão por ter abusado sexualmente de mais de uma dezena de crianças numa zona rural do país, entre 1979 e 1988, informa a imprensa local.

LUSA

John Joseph Farrell, de 62 anos, que abusou de três meninas e nove meninos nas cidades de Moree e Tamworth, foi considerado culpado de 62 crimes sexuais contra menores e outros 17 delitos, segundo a agência local AAP.

O juiz Peter Zahra, do tribunal do distrito de Sydney, disse que, apesar de alguns crimes de Farrell parecerem espontâneos à primeira vista, eram fruto de longa preparação e sedução das vítimas e dos seus pais.

Farrell não pode sair em liberdade condicional por um período de 18 anos, incluindo o tempo que já passou detido, não podendo ser libertado até 2033.

Lusa

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.