sicnot

Perfil

Mundo

Alemanha quer legalizar cannabis para uso medicinal

A Alemanha quer legalizar a cannabis para fins medicinais no início do próximo ano, afirmou hoje o ministro da Saúde alemão.

© Amir Cohen / Reuters

"O nosso objetivo é que os doentes graves sejam tratados da melhor maneira possível", disse Hermann Groehe, que vai apresentar ao executivo alemão, na quarta-feira, um projeto-lei nesta matéria.

O projeto-lei alemão irá ao encontro de leis já aplicadas em outras partes do mundo que preveem o uso medicinal da cannabis para aliviar o sofrimento de doenças como cancro, glaucoma, síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA), hepatite C, Parkinson e outras doenças graves.

No entanto, a questão do consumo recreativo e medicinal da cannabis gera controvérsia em muitos países.

Muitas pessoas temem a vertente criminal regularmente associada ao consumo de drogas e à toxicodependência, enquanto outras vozes argumentam que o uso da cannabis pode levar à dependência de drogas mais pesadas.

O ministro da Saúde alemão reconheceu que a 'cannabis' "não é uma substância inofensiva", precisando que estará disponível em farmácias e que só poderá ser adquirida com receita médica.

Até à criação de plantações devidamente supervisionadas, a Alemanha vai importar "marijuana medicinal", acrescentou Hermann Groehe.

"Sem querer antecipar o trabalho do Bundestag (câmara baixa do Parlamento), é provável que a lei entre em vigor na primavera de 2017", referiu ainda o ministro, em declarações ao diário alemão Die Welt.

Lusa

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.