sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades encontram duas cabeças humanas cortadas na Cidade do México

As autoridades mexicanas descobriram duas cabeças humanas cortadas durante o fim de semana na Cidade do México.

Arquivo

Arquivo

© Edgard Garrido / Reuters

Uma das cabeças foi encontrada numa mala, no domingo, no bairro de Tepito, conhecido por ser violento, disse à AFP uma fonte do gabinete do Ministério Público. De acordo com a imprensa local, a cabeça estava acompanhada de uma mensagem semelhante à que os narcotraficantes deixam para assinalar os seus crimes.

Uma segunda cabeça foi encontrada no sábado, num saco de plástico que continha também uma mão e dois antebraços. O saco foi abandonado numa rua no bairro de Atlanta.

As autoridades, que abriram uma investigação, reafirmaram que os cartéis de droga não operam na capital.

Apesar de os tiroteios e decapitações entre gangues criminosos acontecerem habitualmente fora da capital mexicana, a cidade de 20 milhões de habitantes não está imune a este tipo de crimes.

Em maio de 2015, uma dezena de sacos contendo os restos mortais de três pessoas foram encontrados numa estação ferroviária.

Em agosto de 2013, os corpos de 13 jovens foram encontrados numa vala comum na zona montanhosa junto à capital, três meses depois do seu sequestro, durante o dia, num bar situado junto à avenida principal da cidade.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.