sicnot

Perfil

Mundo

Marcelo Rebelo de Sousa condena violência em Moçambique

Marcelo Rebelo de Sousa condena violência em Moçambique

Marcelo Rebelo de Sousa condenou, esta noite, a violência em Moçambique. Durante um jantar oferecido pelo Presidente do país, Macelo lembrou ainda que as forças políticas podem exprimir-se sem recorrer às armas.

Após o evento, o Presidente da República regressou ao Palácio da Ponta Vermelha, onde passava férias no final da década de 60, quando o pai, Baltazar Rebelo de Sousa era Governador de Moçambique.


Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique, aproveitou a ocasião para fazer um apelo à paz, lembrando que esta não se constrói com cobardia.

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.