sicnot

Perfil

Mundo

PM turco não se recandidata à liderança do partido no poder

O Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), no poder na Turquia, vai reunir-se em congresso extraordinário a 22 de maio e o primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, não se recandidata à liderança, noticiou hoje a imprensa turca.

Davutoglu foi eleito líder em agosto de 2014, depois de Erdogan, três vezes primeiro-ministro, ter sido eleito Presidente.

Davutoglu foi eleito líder em agosto de 2014, depois de Erdogan, três vezes primeiro-ministro, ter sido eleito Presidente.

© Umit Bektas / Reuters

A decisão foi tomada hoje numa reunião da direção do AKP, em Ancara, um dia depois de as televisões NTV e CNN-Turk terem noticiado uma rutura entre Davutoglu e o Presidente, Recep Tayyip Erdogan.

Ao não se candidatar à liderança, Davutoglu, 57 anos, perde automaticamente o cargo de primeiro-ministro, segundo os estatutos do partido.

Davutoglu foi eleito líder em agosto de 2014, depois de Erdogan, três vezes primeiro-ministro, ter sido eleito Presidente.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.