sicnot

Perfil

Mundo

Independentistas reclamam vitória "histórica" no parlamento escocês

A dirigente do Partido Nacional Escocês (SNP, independentista), Nicola Sturgeon, reivindicou hoje uma vitória "histórica" para o seu partido nas eleições para o novo parlamento escocês.

© Russell Cheyne / Reuters

Os votos não foram ainda todos contados "mas o que já é claro é que o SNP ganhou uma terceira eleição consecutiva no parlamento [escocês]", disse.

"Isto é histórico para o SNP", afirmou.

Nestas eleições regionais e locais, ao obter 58 dos 129 assentos disputados, o partido consolidou os resultados conseguidos nas eleições gerais, quando foi a terceira força no parlamento do Reino Unido, com 56 dos 59 lugares que correspondem à Escócia da Câmara dos Comuns.

Os britânicos começaram a eleger na quinta-feira os autarcas em Inglaterra, parlamentares na Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, comissários de polícia e o presidente da Câmara de Londres e outras cidades.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.