sicnot

Perfil

Mundo

Equação matemática causa medo de terrorismo em aeroporto

Um voo de uma companhia norte-americana foi adiado devido a uma equação matemática. Um dos passageiros, um professor de economia, estava a fazer uma equação num caderno. A passageira do lado achou suspeito e pediu para sair do avião.

O professor italiano Guido Menzio estava a tentar resolver uma equação diferencial enquanto esperava que o voo descolasse de Filadélfia para Siracuse.

A passageira sentada a seu lado considerou a matemática suspeita e passou um bilhete a uma comissária de bordo, dizendo que estava a sentir-se doente. O avião acabou por voltar para trás.

Depois da mulher ter desembarcado, acabou por explicar a verdadeira razão de querer voltar atrás - a preocupação sobre o passageiro ao seu lado, um homem de barba que estaria a "escrevinhar" códigos num caderno.

Os agentes de segurança abordaram o professor.

"Disseram-me que uma mulher estava preocupada que eu fosse um terrorista porque estava a escrever coisas estranhas num papel", contou o macroeconomista premiado.

O professor da Universidade da Pensilvânia explicou então às autoridades que estava a resolver uma equação diferencial relacionada com uma palestra que ia dar na Queen University, no Ontário (Canadá).

Quanto à companhia aérea, justificou-se dizendo que a tripulação seguiu o protocolo de quando um passageiro está doente.

O avião acabou por descolar duas horas depois. A mulher embarcou num outro avião.

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.