sicnot

Perfil

Mundo

Equação matemática causa medo de terrorismo em aeroporto

Um voo de uma companhia norte-americana foi adiado devido a uma equação matemática. Um dos passageiros, um professor de economia, estava a fazer uma equação num caderno. A passageira do lado achou suspeito e pediu para sair do avião.

O professor italiano Guido Menzio estava a tentar resolver uma equação diferencial enquanto esperava que o voo descolasse de Filadélfia para Siracuse.

A passageira sentada a seu lado considerou a matemática suspeita e passou um bilhete a uma comissária de bordo, dizendo que estava a sentir-se doente. O avião acabou por voltar para trás.

Depois da mulher ter desembarcado, acabou por explicar a verdadeira razão de querer voltar atrás - a preocupação sobre o passageiro ao seu lado, um homem de barba que estaria a "escrevinhar" códigos num caderno.

Os agentes de segurança abordaram o professor.

"Disseram-me que uma mulher estava preocupada que eu fosse um terrorista porque estava a escrever coisas estranhas num papel", contou o macroeconomista premiado.

O professor da Universidade da Pensilvânia explicou então às autoridades que estava a resolver uma equação diferencial relacionada com uma palestra que ia dar na Queen University, no Ontário (Canadá).

Quanto à companhia aérea, justificou-se dizendo que a tripulação seguiu o protocolo de quando um passageiro está doente.

O avião acabou por descolar duas horas depois. A mulher embarcou num outro avião.

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.