sicnot

Perfil

Mundo

Família de Luaty Beirão garante que ativista mantém protesto na cadeia

A mulher de Luaty Beirão garantiu hoje à Lusa que o 'rapper' luso-angolano mantém-se em protesto, semi-nu na cela, exigindo o regresso à cadeia de Viana, arredores de Luanda, sendo alimentado apenas com comida fornecida por familiares.

A Lusa noticiou hoje que o ativista, um dos 17 angolanos condenados a penas de prisão de até oito anos e meio por atos preparatórios para uma rebelião e associação de malfeitores, voltou a alimentar-se e a receber visitas no sábado, segundo informação dos Serviços Penitenciários, terminando o protesto contra a sua transferência para o Hospital-Prisão de São Paulo, na quarta-feira.

Contudo, Mónica Almeida explicou que Luaty Beirão mantém esse protesto, que inclui não aceitar comida que não seja dada em mãos por um familiar, permanecendo na sua cela, na mesma condição em que foi transportado quarta-feira e deixado. Ou seja, em 'boxers' e a dormir no chão da cela.

"Ele exige voltar para a cadeia de Viana, para as condições que tinha antes, e não quer ter qualquer tratamento de exceção. Transportaram-no em 'boxers', à frente de todos, então ele permanece em 'boxers', como o deixaram [semi-nu não pode sair da cela para se alimentar]. Ele não comia porque não recebia comida. Para receber tem de ser das nossas mãos, e como está deitado na caserna eu tenho de entrar para a entregar", explicou em entrevista à Lusa a esposa, Mónica Almeida, que visitou Luaty Beirão na cadeia de São Paulo no sábado.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.