sicnot

Perfil

Mundo

Filipinas elegem primeira política transgénero para o Congresso

Foi eleita para a Câmara dos Representantes das Filipinas a primeira política transgénero. Geraldine Roman, do Partido Liberal, venceu o rival com 62% dos votos.

Reuters

Num país predominantemente católico, a eleição representa um passo importante para a comunidade gay e lésbica, que frequentemente é ridicularizada por algumas figuras públicas e políticos.

Ainda este ano, o campeão de boxe Manny Pacquiao gerou polémica ao afirmar que os gays são "piores que os animais".

"Que uma pessoa na minha condição entre pela primeira vez para o Congresso é a afirmação de que todas as pessoas transgénero podem servir o país e não devem ser discriminadas", declarou Geraldine durante a campanha.

"Se Jesus Cristo fosse hoje vivo, não aprovaria a discriminação", disse ainda.

Geraldine Roman, 49 anos, vive como mulher há 20, ao lado do seu companheiro.

  • PS volta a subir nas intenções de voto, PSD é o que mais perde
    1:51