sicnot

Perfil

Mundo

Putin declara fim do bloqueio energético à península da Crimeia

O Presidente russo, Vladimir Putin, declarou hoje o fim do bloqueio energético à península da Crimeia, anexada por Moscovo à Ucrânia em março de 2014, ao inaugurar a quarta linha submarina para fornecer eletricidade àquele território.

© POOL New / Reuters

"Em pouco tempo, conseguimos pôr termo ao bloqueio energético da Crimeia. Além disso, não duvido de que, se for necessário, poremos fim a qualquer outro bloqueio", disse Putin, que participou na inauguração por videoconferência a partir da sua residência de Sochi, na costa do mar Negro.

Segundo o chefe de Estado, com a entrada em funcionamento da quarta linha da "ponte energética", a Crimeia poderá receber 800 megawatts de energia elétrica.

"Se se tiver em conta a produção própria, isto é suficiente, ou mesmo um pouco mais que suficiente, para o normal funcionamento" da península, disse o Presidente russo, citado pelas agências noticiosas locais.

A Crimeia ficou sem abastecimento de eletricidade a 22 de novembro de 2015, após a sabotagem de quatro linhas de alta tensão em território ucraniano por nacionalistas radicais.

Desde o princípio deste ano, após a inauguração das duas primeiras linhas da "ponte energética", a península renunciou ao fornecimento de eletricidade proveniente da Ucrânia.

"A 11 de maio, pôs-se fim, de uma vez por todas, ao bloqueio energético da Crimeia imposto pelos radicais ucranianos. Enviamos uma grande saudação aos nacionalistas do outro lado da fronteira", declarou o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Crimeia, Andrei Kozenko.

Lusa

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Hotel inovador na Madeira
    2:23

    Economia

    O grupo Pestana está a construir no Funchal, um novo e único hotel, através de uma técnica inovadora que quase não utiliza cimento. Este vai ser o primeiro hotel do mundo construído com um sistema modular desenvolvido em Portugal. O hotel vai ter 77 quartos e vai ficar construído em apenas seis meses. O maior grupo hoteleiro português admite recorrer a este novo sistema em futuros hotéis.

  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.