sicnot

Perfil

Mundo

Putin declara fim do bloqueio energético à península da Crimeia

O Presidente russo, Vladimir Putin, declarou hoje o fim do bloqueio energético à península da Crimeia, anexada por Moscovo à Ucrânia em março de 2014, ao inaugurar a quarta linha submarina para fornecer eletricidade àquele território.

© POOL New / Reuters

"Em pouco tempo, conseguimos pôr termo ao bloqueio energético da Crimeia. Além disso, não duvido de que, se for necessário, poremos fim a qualquer outro bloqueio", disse Putin, que participou na inauguração por videoconferência a partir da sua residência de Sochi, na costa do mar Negro.

Segundo o chefe de Estado, com a entrada em funcionamento da quarta linha da "ponte energética", a Crimeia poderá receber 800 megawatts de energia elétrica.

"Se se tiver em conta a produção própria, isto é suficiente, ou mesmo um pouco mais que suficiente, para o normal funcionamento" da península, disse o Presidente russo, citado pelas agências noticiosas locais.

A Crimeia ficou sem abastecimento de eletricidade a 22 de novembro de 2015, após a sabotagem de quatro linhas de alta tensão em território ucraniano por nacionalistas radicais.

Desde o princípio deste ano, após a inauguração das duas primeiras linhas da "ponte energética", a península renunciou ao fornecimento de eletricidade proveniente da Ucrânia.

"A 11 de maio, pôs-se fim, de uma vez por todas, ao bloqueio energético da Crimeia imposto pelos radicais ucranianos. Enviamos uma grande saudação aos nacionalistas do outro lado da fronteira", declarou o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Crimeia, Andrei Kozenko.

Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC