sicnot

Perfil

Mundo

Ovnis e extraterrestres em conferência de imprensa na Casa Branca

A conferência de imprensa diária da Casa Branca é sobretudo consagrada à atualidade. É raro que as interrogações sobre ovnis e a possibilidade de vida extraterrestre surjam, mas no encontro com os jornalistas desta segunda-feira foram o tema central.

Imagem que correu mundo - e agora a Internet - de um ovni despenhado em Roswell em 1947.

Imagem que correu mundo - e agora a Internet - de um ovni despenhado em Roswell em 1947.

Roswell, cidade do Novo México, ficou para a História como um local onde se despenhou um objeto voador não identificado em 1947, que foi estudado e escondido pelo Exército norte-americano na Área 51 - base militar do Nevada, envolta no maior dos segredos.

Vário Presidentes norte-americanos foram sucessivamente interrogados sobre as atividades que se desenvolviam na Área 51. Nenhum respondeu de forma a satisfazer o público e as teorias da conspiração sucederam-se.

Desde que está Casa Branca que Barack Obama escolheu o humor para responder a tais questões, afirmando que a leitura dos dossiês até é pouco excitante.

"Devo dizer-lhes que até é dececionante. Várias vezes me colocam questões sobre Roswell e os ovnis, mas estas informações 'top secret' não são assim tão excitantes como vocês imaginam", garantiu Obama numa entrevista publicada na revista GQ em 2015.

Resposta que dá então origem a outra pergunta: se as informações sobre a Área 51 são assim tão insignificantes, porque não torná-las públicas? Foi a questão colocada na conferência de imprensa desta segunda-feira.

"Há questões para as quais nem o porta-voz da Casa Branca tem a resposta", brincou Josh Earnest remetendo os jornalistas para o próprio Presidente, no próximo encontro com os jornalistas.

Em 1995, em resposta a um rapaz de 13 anos que insistentemente questionava Bill Clinton sobre tais dossiês, o Presidente de então disse: "Ryan, eis a resposta. Não, que eu saiba nenhum objeto voador não identificado se despenhou em Roswell, no Novo México, em 1947. E se a Força Aérea norte-americana encontrou corpos de extraterrestres, não me falaram disso".

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • Fredy Montero é reforço do Sporting

    Desporto

    O colombiano Fredy Montero está de regresso ao Sporting, anunciou o clube. O avançado de 30 anos já tinha vestido a camisola dos leões entre 2013 e 2015, antes de passar pelos chineses do Tianjin Teda e nos canadianos dos Vancouver Whitecaps.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, como já tinha sido divulgado, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.