sicnot

Perfil

Mundo

Treze detidos em 9 países europeus por distribuição de pornografia infantil

A Guardia Civil madrilena, juntamente com autoridades policiais de 26 países, deteve 13 pessoas em nove Estados europeus e da América do Sul, por produção, posse e distribuição de material pornografia infantil na Internet, foi hoje anunciado.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

Trata-se da operação Plus Ultra 2, coordenada pela Europol, e entre os detidos encontram-se dois produtores de material pedofilia, informa a Guardia Civil.

As detenções ocorreram em Espanha, Irlanda, Reino Unido, Argentina, México, Brasil, Chile, Alemanha e Sérvia.

As autoridades encontraram mais de 200.000 arquivos explícitos, vídeos e fotogramas nos quais se reproduziam abusos sexuais a menores, desde bebés até crianças de ambos os sexos com idades até aos 16 anos.

Os arquivos criados pelos produtores continham cenas com conteúdo de elevada violência sexual sobre menores de muito tenra idade. Foram também identificados durante a operação 30 crianças vítimas de abusos sexuais e 21 agressores.

A investigação teve início após ter sido descoberto, através do intercâmbio de informações com a Organização Não Governamental NECMEC - National Center for Missing and Exploited Childres, dos Estados Unidos, da existência de um usuário localizado em Múrcia, que estava a distribuir arquivos pedófilos na internet.

Posteriormente, os agentes, após a autorização judicial, analisaram o conteúdo do computador desse usuário, entretanto detido e encontraram informações que lhes permitiu obter novos indícios sobre a prática de vários crimes de natureza semelhante.

Depois de analisar essas informações, detetaram-se em diferentes países 551 endereços de email e mais de 80.000 arquivos de conteúdo explicito de abusos sexuais a menores.

Com a colaboração da Europol e polícias dos Estados Unidos, Canadá, Irlanda, Letónia, França, Grécia, Suécia, Suíça, Alemanha, Reino Unido, Dinamarca, Austrália, Sérvia, Argentina, Indonésia, Israel, Japão, Quénia, Nicarágua, Paquistão, Africa do Sul, Sri Lanka, Ucrânia, México, Brasil e Chile, foi realizada a investigação na qual foram detidas mais 12 pessoas.

Cada usuário possuía um perfil na Internet através do qual realizavam a 'descarga' de arquivos pedófilos, os quais catalogavam previamente segundo o tipo a que correspondiam (sexo do menor, idade, atividade, entre outros), facilitando o acesso a pessoas que desejavam ver o seu conteúdo.

Normalmente, os detidos tinham extremas medidas de segurança realizando um controlo ao tipo de perfil de cada usuário para assegurar que se tratavam de pessoas de gostos e tendências semelhantes e assim evitar a deteção, por parte das autoridades de qualquer país.

Eram usadas frases como: "Queres intercâmbio? Escreve-me. Gosto de meninos e meninas entre um e nove anos. Tu envias primeiro ou nada, absolutamente. Se queres bom material, envia bom material. Manda-me a contrassenha e eu envio-te a minha. Não publiques a tua contrassenha nos comentários. Disfruta"

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.