sicnot

Perfil

Mundo

Governo panamiano assina pacto de partilha de informação fiscal da OCDE

O Panamá assinou na terça-feira um pacto da OCDE para troca de informação fiscal, mais de um mês após a revelação dos chamados 'Papéis do Panamá'.

reuters

O Ministério dos Negócios Estrangeiros panamiano anunciou que o país aderiu aos padrões de divulgação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e que vice-ministro Luis Miguel Hincapie entregou o documento de adesão na sede da OCDE em Paris.

No entanto, a adesão só entra em vigor, em termos práticos, em 2018.

Uma investigação realizada por uma centena de jornais em todo o mundo sobre 11,5 milhões de documentos revelou bens em paraísos fiscais de 140 responsáveis políticos ou personalidades públicas.

O conjunto de documentos, denominados "Papéis do Panamá", provém da empresa de advogados panamiana Mossack Fonseca.

Segundo o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, que reuniu para este trabalho 370 jornalistas de mais de 70 países, mais de 214.000 entidades 'offshore' estão envolvidas em operações financeiras em mais de 200 países e territórios em todo o mundo.

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.