sicnot

Perfil

Mundo

Sobreviventes das bombas atómicas querem reunir-se com Obama em Hiroshima

Uma associação de sobreviventes das bombas atómicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki enviou uma carta ao Presidente dos Estados Unidos, em que pede para se reunir com Barack Obama durante a sua primeira visita a Hiroshima.

© Yuri Gripas / Reuters

A associação, chamada Nihon Hidankyo (contração em japonês de Organização de Vítimas das Bombas Atómicas do Japão), enviou a carta à embaixada norte-americana em Tóquio e à Casa Branca, informa hoje a emissora pública NHK.

A missiva explica que os sobreviventes dos ataques nucleares lançados pelos Estados Unidos, conhecidos como "hibakusha" no Japão, respeitam a decisão de Obama de visitar a cidade a propósito da cimeira dos líderes do G7, que o país asiático acolhe nos próximos dias 26 e 27.

Obama será o primeiro Presidente norte-americano a visitar uma das duas cidades bombardeadas com bombas atómicas pelos Estados Unidos no verão de 1945, no final da II Guerra Mundial.

A carta pede a Obama que oiça pessoalmente as experiências dos sobreviventes após os bombardeamentos e que "veja e toque" o que ficou desta tragédia e que a associação conserva.

Por último, o grupo insta o Presidente norte-americano a lutar pela eliminação total das armas nucleares no mundo e a pressionar para o cumprimento do Tratado de Interdição Completa de Ensaios Nucleares.

Por seu lado, o vice-assessor de Segurança Nacional norte-americano, Ben Rhodes, disse, numa entrevista à agência Kyodo, que Obama mencionará no seu discurso em Hiroshima a "responsabilidade moral" dos Estados Unidos, como único país que lançou ataques nucleares, para evitar que estas bombas voltem a ser utilizadas.

Rhodes escreveu o discurso que Obama fez em Praga em 2009, em que apelou a um mundo livre de armas nucleares.

Lusa

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55