sicnot

Perfil

Mundo

Sobreviventes das bombas atómicas querem reunir-se com Obama em Hiroshima

Uma associação de sobreviventes das bombas atómicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki enviou uma carta ao Presidente dos Estados Unidos, em que pede para se reunir com Barack Obama durante a sua primeira visita a Hiroshima.

© Yuri Gripas / Reuters

A associação, chamada Nihon Hidankyo (contração em japonês de Organização de Vítimas das Bombas Atómicas do Japão), enviou a carta à embaixada norte-americana em Tóquio e à Casa Branca, informa hoje a emissora pública NHK.

A missiva explica que os sobreviventes dos ataques nucleares lançados pelos Estados Unidos, conhecidos como "hibakusha" no Japão, respeitam a decisão de Obama de visitar a cidade a propósito da cimeira dos líderes do G7, que o país asiático acolhe nos próximos dias 26 e 27.

Obama será o primeiro Presidente norte-americano a visitar uma das duas cidades bombardeadas com bombas atómicas pelos Estados Unidos no verão de 1945, no final da II Guerra Mundial.

A carta pede a Obama que oiça pessoalmente as experiências dos sobreviventes após os bombardeamentos e que "veja e toque" o que ficou desta tragédia e que a associação conserva.

Por último, o grupo insta o Presidente norte-americano a lutar pela eliminação total das armas nucleares no mundo e a pressionar para o cumprimento do Tratado de Interdição Completa de Ensaios Nucleares.

Por seu lado, o vice-assessor de Segurança Nacional norte-americano, Ben Rhodes, disse, numa entrevista à agência Kyodo, que Obama mencionará no seu discurso em Hiroshima a "responsabilidade moral" dos Estados Unidos, como único país que lançou ataques nucleares, para evitar que estas bombas voltem a ser utilizadas.

Rhodes escreveu o discurso que Obama fez em Praga em 2009, em que apelou a um mundo livre de armas nucleares.

Lusa

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.