sicnot

Perfil

Mundo

Peru declara estado de emergência devido a elevados níveis de mercúrio nas águas

O Peru declarou esta segunda-feira o estado de emergência em 11 distritos da região de Madre de Dios (sudeste), na Amazónia, após ter detetado níveis anormalmente elevados de mercúrio nas águas, ligados a numerosas minas ilegais.

© Mariana Bazo / Reuters

Segundo um relatório das autoridades ambientais, nestas zonas foi detetada uma "poluição de mercúrio, com níveis acima do limite permitido, nas águas dos rios, espécies marinhas e na população".

Vários grupos étnicos da região apresentam ainda níveis excessivos de mercúrio no organismo, "o que traz problemas de saúde sérios, crónicos e complexos, particularmente nas crianças e nas grávidas", explica o relatório.

Estes níveis são consequência de "práticas inadequadas pela atividade mineira clandestina, durante a extração de ouro".

A poluição afeta também os peixes, nomeadamente o Mota Punteada (Calophysus macropterus), um peixe-gato popular junto das populações locais. "Não é recomendado o consumo desta espécie", declarou à imprensa estrangeira o ministro do Ambiente, Manuel Pulgar-Vidal.

"Vamos viver os próximos 80 anos com as consequências da atividade mineira na região de Madre de Dios, e devemos combatê-lo pela raiz", fechando as minas ilegais, acrescentou.

O ministro precisou que o estado de urgência permitirá pôr em prática "ações no domínio da saúde, dos hospitais de campanha", mas também "fazer chegar alimentos como peixes não poluídos" às populações afetadas.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.