sicnot

Perfil

Mundo

Ator Bill Cosby vai a julgamento por crimes sexuais

O ator norte-americano Bill Cosby vai ser julgado por agressões sexuais, decidiu hoje uma juíza da Pensilvânia, ao considerar que os elementos reunidos pelo procurador justificam a abertura de um processo.

DOMINICK REUTER / POOL

O criador do "The Cosby Show" ainda tem a oportunidade de se declarar culpado e passar diretamente à fase de julgamento.

Durante a audiência preliminar, cabia ao Procurador Kevin Steele a tarefa de convencer a juíza, Elizabeth McHugh, de que os elementos constantes no dossier eram suficientes para a abertura de processo.

O ator está a ser acusado de, no ano de 2004, ter agredido sexualmente Andrea Constand. Esta acusação pode levar a uma pena até 10 anos de prisão.

"Estamos aqui porque queremos a verdade. Estamos agora à espera da data do julgamento", afirmou Kevin Steele.

Kevin Steele decidiu reabrir um dossier relativo às acusações originais, no ano de 2005, no qual Bill Cosby e Andrea Constand foram ouvidos.

Um dos conselheiros de Bill Cosby, Brian McMonagle, lamentou que a acusação tenha utilizado a ata deste documento em vez de chamar a vítima a depor.

McMonagle tentou, em vão, desacreditar o testemunho, sublinhando que Andrea Constand excluiu inúmeros parágrafos, quando o releu.

As passagens da ata do depoimento de Andrea Constand foram lidas à audiência.

A vítima refere o facto de ter tomado comprimidos e bebido vinho, a convite de Bill Cosby, tendo perdido controlo do seu corpo, minutos mais tarde. No seu testemunho a vítima relata detalhadamente os atos a que o arguido a submeteu.

Além das muitas correções efetuadas pela vítima, Brian McMonagle recordou que a jovem tinha apontado várias datas para os acontecimentos em questão. O advogado de defesa fez também referência ao facto de a vítima ter tomado os comprimidos e bebido o vinho de livre vontade.

O que importa, respondeu Kevin Steele, é "a posição em que ele (Bill Cosby) a pôs e como se aproveitou".

Outro ponto problemático é o facto de a vítima se ter encontrado outras vezes com o ator.

Depois do seu depoimento Bill Cosby reconheceu que apenas alguns dos atos descritos no depoimento da vítima são verdade.

Lusa

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31

    Grande Reportagem SIC

    Carlos Queiroz, ex-selecionador de Portugal, dá-nos uma entrevista forte e transparente. Entrevistámo-lo no Dubai, um lugar que a investigação da SIC coloca no centro do mapa do escândalo do GES/BES. Aqui antecipamos a Grande Reportagem da próxima semana.

    Exclusivo online