sicnot

Perfil

Mundo

Manifestantes belgas dispersados com canhões de água

A polícia belga disparou hoje canhões de água sobre manifestantes na sequência de confrontos com a polícia, no final de uma marcha sindical contra o aumento do horário laboral no país, de acordo com a imprensa local.

© Eric Vidal / Reuters

As autoridades dispersaram um grupo de uma centena de pessoas que, de cara tapada, se envolveu em confrontos com a polícia, de que resultaram dois agentes e alguns manifestantes feridos sem gravidade.

Os confrontos ocorreram no final de uma marcha que, segundo a polícia federal juntou 37.500 pessoas, segundo os sindicatos 50.000 e segundo a polícia local 60.000, em protesto contra medidas de austeridade do governo de Charles Michel -- especialmente a proposta de aumento do horário de trabalho para as 45 horas semanais, a chamada lei Peeters.

A manifestação partiu pelas 11:30 (10:30 de Lisboa) da Gare do Nord, na direção da do Midi, onde ocorreram os distúrbios.

Segundo dados dos sindicatos, a manifestação de hoje contou com metade da adesão da de outubro de 2015, em que participaram 100 mil pessoas.


Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.