sicnot

Perfil

Mundo

Novas buscas à Google em França

​Esta terça-feira, investigadores franceses invadiram a Google - que afirma estar a cumprir integralmente a legislação francesa - em Paris, a fim de investigar se realmente existem ou não fugas fiscais.

JEREMY LEMPIN / EPA

Várias multinacionais instalam as suas sedes noutros países para minimizar impostos, razão pela qual França, Grâ-Bretanha e outros países têm procurado garantir que as taxas sejam pagas localmente e não noutros países.

A Google tem sede em Dublin, onde os impostos são mais baixos do que no resto da Europa.

Na investigação em Paris participaram peritos financeiros e especialistas franceses contra a corrupção e fraude fiscal, acompanhados por 25 especialistas da área.

"A investigação tem como objetivo verificar se a Google Irlandesa tem uma base permanente em França e se, ao não declarar partes de atividades realizadas em França, não cumpre as suas obrigações fiscais, inclusive no imposto sobre as sociedades e do imposto sobre valor agregado", disse em declarações o procurador.

"Estamos a cooperar com as autoridades a fim de responder às suas questões", disse Al Verney, porta-voz da Google. Eric Schmidt, presidente executivo da Google, recusou-se a comentar a situação numa conferência em Amsterdão.

A França considera que a Google tem em dívida cerca de 1.6 mil milhões de euros por pagar.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.