sicnot

Perfil

Mundo

Novas buscas à Google em França

​Esta terça-feira, investigadores franceses invadiram a Google - que afirma estar a cumprir integralmente a legislação francesa - em Paris, a fim de investigar se realmente existem ou não fugas fiscais.

JEREMY LEMPIN / EPA

Várias multinacionais instalam as suas sedes noutros países para minimizar impostos, razão pela qual França, Grâ-Bretanha e outros países têm procurado garantir que as taxas sejam pagas localmente e não noutros países.

A Google tem sede em Dublin, onde os impostos são mais baixos do que no resto da Europa.

Na investigação em Paris participaram peritos financeiros e especialistas franceses contra a corrupção e fraude fiscal, acompanhados por 25 especialistas da área.

"A investigação tem como objetivo verificar se a Google Irlandesa tem uma base permanente em França e se, ao não declarar partes de atividades realizadas em França, não cumpre as suas obrigações fiscais, inclusive no imposto sobre as sociedades e do imposto sobre valor agregado", disse em declarações o procurador.

"Estamos a cooperar com as autoridades a fim de responder às suas questões", disse Al Verney, porta-voz da Google. Eric Schmidt, presidente executivo da Google, recusou-se a comentar a situação numa conferência em Amsterdão.

A França considera que a Google tem em dívida cerca de 1.6 mil milhões de euros por pagar.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Ministro pede aos pais que vacinem os filhos e não vão "em modas"
    2:11

    Surto de sarampo

    O ministro da Saúde deixou esta terça-feira um apelo aos pais para vacinarem os filhos e não se deixarem ir em "modas". Adalberto Campos Fernandes vai reforçar as parcerias entre Ministério da Saúde e Educação. Durante a inauguração da unidade de saúde de Algés, o ministro deixou a garantia de que as novas medidas para combater epidemias como a do sarampo serão conhecidas no Dia Mundial da Criança.