sicnot

Perfil

Mundo

Sete militares ucranianos morrem em confrontos nas regiões pró-russas do Leste

Sete militares ucranianos morreram em confrontos nas regiões rebeldes pró-russas no Leste do país nas últimas 24 horas, o maior número de baixas no exército ucraniano num só dia no último ano.

"Só nas últimas 24 horas, sete militares morreram e nove outros ficaram feridos em operações armadas na zona do Donbas [regiões de Donetsk e Lugansk, autoproclamadas independentes pelos seus líderes pró-russos)", informou o chefe do Conselho Nacional Ucraniano de Segurança e Defesa, Alexándr Turchínov.

Na opinião de Turchínov, "a responsabilidade por esta provocação cabe à liderança político-militar da Rússia, que sistematicamente torpedeia qualquer via pacífica para resolver o conflito e libertar os territórios ocupados".

O mesmo responsável advertiu que a Rússia está a preparar a reativação da atividade militar na região, com a concentração de forças ao longo da linha de demarcação e em violação dos acordos de paz de Minsk.

Segundo os últimos dados das Nações Unidas (ONU), mais de nove mil pessoas, entre combatentes e civis, foram mortas no Leste da Ucrânia nos pouco mais de dois anos desde o início do conflito.

  • Atrás das Câmaras em Mirandela
    2:36

    Atrás das Câmaras

    A SIC está a percorrer o pais para ouvir as historias dos municípios e dos eleitores. Até às autárquicas, o programa opinião pública dá lugar ao Atrás das Câmaras, que hoje está em Mirandela, no distrito de Bragança, como conta a repórter Catarina Lázaro.

    Hoje na SIC e SIC Notícias

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • "Não é possível fazer tudo ao mesmo tempo"
    0:39

    Orçamento do Estado 2018

    O deputado e economista do PS Paulo Trigo Pereira defende que o desagravamento fiscal que o Governo quer pôr em marcha é "moderado". Em entrevista ao Público e à Renascença, o socialista diz que é preciso realismo e que é uma "alquimia" mexer ao mesmo tempo nas carreiras, pensões e rendimentos dos trabalhadores.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15