sicnot

Perfil

Mundo

Botão de alarme anti-agressão instalado em todos os autocarros públicos na Índia

Botões de alarme serão instalados com urgência nos autocarros públicos da Índia, para evitar as agressões contra mulheres, anunciou hoje o ministro dos Transportes, mais de três anos após a violação de uma estudante que indignou o país.

© Adnan Abidi / Reuters

"Com o objetivo de garantir a segurança das mulheres após o infeliz incidente, decidimos tornar obrigatória a instalação nos autocarros públicos de um 'botão de alarme', câmaras de vigilância e GPS", declarou o ministro, Nitin Gadkari, à imprensa em Nova Deli, precisando que a diretiva será publicada a 02 de junho.

O governante referia-se à morte de uma estudante em dezembro de 2012, depois de ter sido violada em grupo num autocarro em Nova Deli, onde tinha entrado para regressar a casa.

A agressão desencadeou manifestações em massa por toda a Índia, seguidas de uma revisão da lei sobre a violação, mas o número de agressões e de violações de mulheres manteve-se elevado no país.

O Rajastão, o maior estado da Índia, será o primeiro a ter os autocarros equipados com o dispositivo: 20 veículos, numa primeira fase.

Os botões de alarme serão colocados sobre a porta da frente. Uma vez pressionados, enviam um SOS para um centro de controlo da polícia, que pode imediatamente visionar o que se passa dentro do autocarro e localizá-lo, graças ao GPS.

Em março, o Governo tinha já anunciado que todos os telemóveis vendidos na índia deveriam ser munidos, a partir de janeiro de 2017, de um botão de alarme que permitisse, com uma simples pressão, alertar os serviços de emergência.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.