sicnot

Perfil

Mundo

Estados dos EUA processam governo por permitir escolha das casa de banho aos transexuais

Onze estados norte-americanos processaram hoje a administração do presidente Barack Obama por tentar derrubar as diretrizes federais, exigindo que as escolas públicas permitam que os alunos transexuais escolham a casa de banho a que querem ir.

© Lucy Nicholson / Reuters

O anúncio foi feito hoje pela procuradoria-geral do Texas, estado que iniciou o processo com o apoio do Alabama, Arizona, Geórgia, Luisiana, Maine, Oklahoma, Tennessee, Utah, Virgínia Ocidental e Wisconsin. Nove dos 11 estados são governados por republicanos.

Os Departamentos da Justiça e da Educação emitiram, a 13 de maio, uma diretiva que instruiu todas as escolas públicas do país a autorizar os alunos transexuais a escolherem a casa de banho de acordo com o sexo com o qual se identificam, e não de acordo com o sexo que aparece na certidão de nascimento.

"Não há espaço nas nossas escolas para qualquer tipo de discriminação, incluindo a discriminação contra estudantes transexuais de acordo com o seu sexo", afirmou a procuradora-geral dos EUA, Loretta Lynch.

Embora a diretiva não seja vinculativa, as escolas que não a cumprirem poderão enfrentar ações judiciais ou redução da ajuda federal.

"Conspira-se para transformar os locais de trabalho e os ambientes educacionais em todo o país em laboratórios para um experimento social massivo, desprezando o processo democrático e atropelando as políticas de bom senso que protegem as crianças e os direitos básicos de privacidade", lê-se na ação judicial.

Esta batalha faz parte de uma discussão mais ampla sobre a igualdade de direitos nos Estados Unidos, onde uma onda de iniciativas que têm como alvo as Comunidades lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT) desde uma decisão histórica da Suprema Corte que, no ano passado, legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo em todo o país.

Lusa

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois do tribunal ter desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31