sicnot

Perfil

Mundo

Secretário-geral da ONU apela ao diálogo com a Coreia do Norte

O secretário-geral da ONU apelou hoje à retoma das negociações com a Coreia do Norte, durante uma visita à Coreia do Sul que tem levantado dúvidas sobre as suas ambições presidenciais no país.

Ban Ki-moon, secretário geral da ONU.

Ban Ki-moon, secretário geral da ONU.

© Denis Balibouse / Reuters

"Temos de encontrar o caminho para o diálogo", disse Ban Ki-moon, durante um fórum de segurança na ilha de Jeju.

A tensão entre as Coreias tem vindo a crescer desde que Pyongyang realizou o seu quarto teste nuclear em janeiro.

Nas últimas semanas, o Norte fez várias propostas para diálogo militar, mas o Sul rejeitou as ofertas, considerando que não são sinceras.

A atual administração da Coreia do Sul tem sido firme na posição de que negociações só podem ocorrer se o Norte se comprometer com uma desnuclearização.

"O aumento das tensões na península coreana pode lançar uma sombra em todo nordeste da Ásia e mais além", alertou Ban.

"Acolho com agrado todos os esforços para avançarmos. E estou pessoalmente pronto para contribuir de qualquer forma que seja útil", disse.

Em declarações aos jornalistas em Jeju, Ban disse que a "janela para o diálogo de alto nível" foi deixada aberta.

"Sou o único que tem mantido um canal de diálogo com Pyongyang", acrescentou.

Uma visita da Coreia do Norte daria a Ban Ki-moon uma plataforma de grande visibilidade, caso decida participar na corrida à Casa Azul, para as presidenciais sul-coreanas em 2017, depois de terminar o seu mandato na ONU, este ano.

Ban Ki-moon não confirmou a intenção de concorrer, mas ofereceu, na quarta-feira, o que foi entendido como uma pista nesse sentido, ao dizer que vai refletir o que deve fazer "como cidadão sul-coreano" após deixar a ONU.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.