sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 17 mortos em incêndio em depósito de armas do exército na Índia

Pelo menos 17 pessoas, na sua maioria soldados, morreram e outras 19 ficaram feridas num incêndio que deflagrou num depósito de munições do exército no centro da Índia, informou hoje a imprensa local.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Vivek Prakash / Reuters

A agência de notícias Press Trust of India indica que dois oficiais estavam entre os 17 soldados que morreram no incêndio, que deflagrou no armazém do exército em Pulgaon, próximo da cidade de Nagpur, no estado de Maharashtra.

O incêndio teve origem numa explosão registada durante a noite, afirmaram fontes não identificadas do exército à Press Trust of India e ao canal de televisão local NDTV.

Milhares de famílias foram retiradas das aldeias e localidades vizinhas.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19