sicnot

Perfil

Mundo

Ataques aéreos matam 42 civis no norte da Síria

Pelo menos 42 civis foram mortos hoje no norte da Síria em consequência de bombardeamentos da força aérea síria, da aviação russa e da coligação internacional liderada pelos EUA, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

(Arquivo SIC)

(Arquivo SIC)

SIC

Os ataques da força aérea síria mataram 15 civis na província de Idlib e os bombardeamentos da força aérea russa e das forças do regime sírio fizeram 11 mortos na província de Alepo, de acordo com a mesma fonte, citada pela agência France Presse.

Sete das pessoas vítimas dos ataques das forças do regime viajavam num autocarro na estrada de Castello, uma via utilizada pelas forças rebeldes que controlam parte da cidade dividida de Alepo, de acordo com o diretor da OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Seis civis foram mortos em resultado de operações levadas a cabo pela coligação internacional na localidade de Minbej (província de Alepo) e outros 10 morreram na cidade de Raqa, capital da província homónima, ambos os locais nas mãos dos 'jihadistas' do grupo extremista Estado Islâmico (EI), ainda de acordo com a OSDH.

O Centcom, o comando militar norte-americano no Médio Oriente, anunciou hoje que a coligação internacional levou a cabo 18 bombardeamentos de posições do EI em Minbej.

Na terça-feira, as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança arábio-curda apoiada pela coligação internacional, lançou uma ofensiva destinada a retomar Minbej, segundo a OSDH

A guerra na Síria fez já mais de 280 mil mortos e provocou a deslocação de vários milhões de pessoas desde 2011.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC