sicnot

Perfil

Mundo

Ataques aéreos matam 42 civis no norte da Síria

Pelo menos 42 civis foram mortos hoje no norte da Síria em consequência de bombardeamentos da força aérea síria, da aviação russa e da coligação internacional liderada pelos EUA, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

(Arquivo SIC)

(Arquivo SIC)

SIC

Os ataques da força aérea síria mataram 15 civis na província de Idlib e os bombardeamentos da força aérea russa e das forças do regime sírio fizeram 11 mortos na província de Alepo, de acordo com a mesma fonte, citada pela agência France Presse.

Sete das pessoas vítimas dos ataques das forças do regime viajavam num autocarro na estrada de Castello, uma via utilizada pelas forças rebeldes que controlam parte da cidade dividida de Alepo, de acordo com o diretor da OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Seis civis foram mortos em resultado de operações levadas a cabo pela coligação internacional na localidade de Minbej (província de Alepo) e outros 10 morreram na cidade de Raqa, capital da província homónima, ambos os locais nas mãos dos 'jihadistas' do grupo extremista Estado Islâmico (EI), ainda de acordo com a OSDH.

O Centcom, o comando militar norte-americano no Médio Oriente, anunciou hoje que a coligação internacional levou a cabo 18 bombardeamentos de posições do EI em Minbej.

Na terça-feira, as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança arábio-curda apoiada pela coligação internacional, lançou uma ofensiva destinada a retomar Minbej, segundo a OSDH

A guerra na Síria fez já mais de 280 mil mortos e provocou a deslocação de vários milhões de pessoas desde 2011.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.