sicnot

Perfil

Mundo

Papa canoniza padre polaco e enfermeira sueca

O Papa Francisco canonizou hoje numa cerimónia religiosa a religiosa sueca Marie Elisabeth Hesselblad e padre polaco Jan Papczynski.

Religiosa sueca Marie Elisabeth Hesselblad

Religiosa sueca Marie Elisabeth Hesselblad

© Alessandro Bianchi / Reuters

Hesselblad, uma luterana que se converteu ao cristianismo, é a primeira religiosa sueca a ser canonizada em seis séculos, enquanto o padre polaco Jan Papczynski passou a ter o nome religioso de Estalislau de Jesus e Maria.

Nas cerimónias, a ministra da Cultura da Suécia, Alice Bah-Kuhnke, e 250 peregrinos católicos suecos estiveram presentes na praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.

Marie Elisabeth Hesselblad, que restaurou a Congregação das "Brigitinas", nasceu em 1870 no seio de uma família luterana com 13 filhos, tendo morrido a 1957, em Roma.

Hesselblad partiu muito jovem para trabalhar nos Estados Unidos com o objetivo de ajudar a sustentar a sua família, como o fizeram numerosos agricultores suecos.

Então, a religiosa trabalhou em Nova Iorque como enfermeira. Em 1902 converteu-se ao catolicismo e foi batizada.

Dois anos mais tarde regressou a Roma, onde entrou para as carmelitas e com a permissão especial do papa Pio X, vestiu o hábito das "brigitinas", Ordem fundada por Santa Brigite da Suécia.

Após tornar-se religiosa, Elisabeth Hesselblad desenvolveu a sua congregação, aprovada pela Santa Sé em 1940 e prosseguiu a obra da santa sueca.

O papa João Paulo II foi quem iniciou o processo que conduziu à sua canonização. Beatificada em 2000, foi declarada "Justa entre as Nações" em 2004 por ter salvado judeus durante a II Grande Guerra Mundial, em Roma.

Elisabeth Hesselblad era uma religiosa aberta ao diálogo com outras confissões cristãs, tendo multiplicado as missões da sua congregação na Europa do norte e do leste.

O papa Francisco vai fazer uma visita pastoral à Suécia, entre 31 de outubro e 01 de novembro, onde participará em Lund a convite da Federação Luterana Mundial, numa comemoração ecuménica relacionada com os 500 anos da Reforma protestante de Martin Luther, que se celebrará em 2017.

Já Jan Papczynski, nasceu em 1631 e foi o padre católico que fundou a congregação dos Marianos da Imaculada Conceção, a primeira ordem religiosa masculina polaca, muito associada ao misticismo oriental católica.

O agora Estanislau de Jesus e Maria é considerado uma das grandes referências da igreja católica polaca, tendo influenciado o percurso de João Paulo II.

O agora santo fora canonizado em 2007, numa cerimónia presidida pelo Cardeal Tarcisio Bertone, em nome de Bento XVI.

Depois dessa data, o Vaticano reconheceu um milagre que se terá realizado em 2016, sustentando a elevação do beato Estanislau à categoria de santo.

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Karlie Kloss, o "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59