sicnot

Perfil

Mundo

Candidata dos "indignados" lidera corrida à câmara de Roma

As eleições municipais de domingo em várias regiões de Itália terminaram sem um vencedor claro nas principais cidades do país, mas com o Movimento Cinco Estrelas (M5S) mais perto de Roma, onde cresce a ultradireita.

reuters

Virginia Raggi, candidata pelo Movimento Cinco Estrelas (M5S), lidera a primeira volta das eleições municipais em Roma, num revés para o partido do primeiro-ministro, Matteo Renzi (Partido Democrático ou PD), indicam sondagens citadas pelas agências internacionais.

A advogada de 37 anos terá conquistado entre 34 e 38 por cento dos votos, segundo uma sondagem do Instituto Piepoli citada pela agência de notícias Efe.

Com uma campanha focada no descontentamento com uma série de escândalos de corrupção na capital italiana, a candidata "dos indignados" deverá enfrentar uma segunda volta a 19 de junho.

No segundo lugar na votação de domingo em Roma, segundo a mesma fonte, ficou o candidato do Partido Democrático, Roberto Giachetti (entre 20 e 24 por cento), do centro esquerda, seguido de muito perto pela líder do partido ultraconservador Irmãos de Itália, Giorgia Meloni (entre 16 e 20 por cento).

Roma é considerada como o grande prémio numa batalha pelos assentos municipais em todo o país, numa eleições que são vistas como um teste a Renzi.

Cerca de 13 milhões de italianos foram chamados a votar nas eleições locais de 1.342 municípios, entre os quais 25 capitais de província e sete capitais de região: Roma, Milão, Bolonha, Nápoles, Cagliari, Trieste e Turim.

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC