sicnot

Perfil

Mundo

Berlusconi hospitalizado para exames após sofrer insuficiência cardíaca

O ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi deu hoje entrada no hospital de San Raffaele, de Milão (norte de Itália), para submeter-se a alguns exames depois de ter sofrido uma insuficiência cardíaca há alguns dias.

reuters

Berlusconi, que irá fazer 80 anos em setembro, já tinha programado a sua hospitalização antes de sofrer esta insuficiência, segundo explicaram fontes do seu partido, Forza Itália, à imprensa italiana.

O médico pessoal do ex-Presidente, Anberto Zangrillo, assegurou que "o diagnóstico definitivo e o seu tratamento" será conhecido nos próximos dias.

Os meios de comunicação italianos explicam que, por agora, não se preveem intervenções cirúrgicas.

Berlusconi foi operado ao coração em 2006, no Heart Center de Cleveland, em Ohio, nos Estados Unidos da América.

A operação decorreu após o líder político italiano ter desmaiado e passado dois dias num hospital de Milão, depois de lhe ter sido detetada uma leve arritmia cardíaca.

Nessa ocasião foi explicado que Berlusconi tinha sido submetido a "uma intervenção de cirurgia cardíaca necessária para a correção de um transtorno do ritmo".

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    Luís Montenegro garante que nunca será candidato à presidência do PSD contra o Passos Coelho. Convidado da Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, o líder da bancada dos sociais-democratas acha mesmo que é um exagero dizer-se que Pedro Passos Coelho está politicamente morto.