sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes do delta do Níger rejeitam negociações do Governo da Nigéria

Os Vingadores do Delta do Níger (NDA, na sigla em inglês), grupo rebelde que realizou vários ataques contra instalações petrolíferas desde fevereiro, rejeitaram hoje a oferta de negociações proposta na segunda-feira pelo Governo da Nigéria.

O cessar-fogo entre o regime de Assad e os rebeldes deve começar às 22:00 GMT (mesma hora em Lisboa) de hoje.

O cessar-fogo entre o regime de Assad e os rebeldes deve começar às 22:00 GMT (mesma hora em Lisboa) de hoje.

© Rodi Said / Reuters

"Não estamos envolvidos em qualquer negociação com nenhum comité. Se o Governo federal discute com alguns grupos (rebeldes), eles fazem-no por sua iniciativa", afirmam os NDA, numa mensagem divulgada na sua conta da rede social de mensagens curtas Twitter.

As forças armadas nigerianas destacaram navios e aviões de combate para a região petrolífera do delta do Níger (sul), para encontrar os NDA, que nos últimos meses atacaram instalações das filiais nigerianas de grupos petrolíferos estrangeiros como a Shell, a ENI ou a Chevron, além da empresa estatal NNPC.

Mas, na segunda-feira, o secretário de Estado para os recursos petrolíferos, Emmanuel Ibe Kachikwu, anunciou à imprensa que a operação militar ia ser suspensa durante "uma semana ou duas" para se tentar "o diálogo".

Segundo o governante, os ataques contra as instalações petrolíferas fizeram cair a produção de petróleo para os 1,6 milhões de barris por dia, muito abaixo dos 2,2 milhões previstos no orçamento de 2016.

A quebra fragiliza as finanças da Nigéria, primeiro produtor no continente africano de petróleo, responsável por 70% das receitas do país.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.