sicnot

Perfil

Mundo

Tailândia é 1º país da Ásia a erradicar transmissão de VIH de mãe para filho

A Tailândia tornou-se o primeiro país da região da Ásia-Pacífico a erradicar a transmissão do VIH e da sífilis de mãe para filho, anunciou a Organização Mundial da Saúde (OMS).

reuters

A OMS também reconheceu o país asiático como o primeiro com um grande número de casos que consegue o que a organização classificou como "um marco extraordinário" e "um passo crucial para reduzir a epidemia do VIH".

"A Tailândia mostrou ao mundo que o VIH pode ser derrotado", disse o diretor regional para o Sudeste Asiático da OMS, Poonam Khetrapal Singh, em comunicado.

Cerca de 21 mil crianças nascem a cada ano com o VIH a Ásia-Pacífico, onde há 200 mil menores afetados.

Segundo a OMS, mulheres infectadas com VIH têm entre 15% e 45% de possibilidades de transmitir o vírus aos seus filhos durante a gravidez, parto ou amamantação, mas o risco diminui para 1% se durante estes períodos lhes forem aplicados antirretrovirais.

Segundo o ministério da Saúde tailandês, 98% das mulheres com VIH têm acesso a antirretrovirais, e a transmissão do vírus de mãe para filhos caiu para menos de 2%.

As autoridades tailandesas estimam que, no ano 2000, mil crianças foram infectadas, número que em 2015 diminuiu 90%, para 85 casos em todo o país, onde 450 mil viviam com este vírus em 2014.

Além de conter a transmissão do VIH entre mãe-filho, as autoridades do país asiático também conseguiram reduzir o número de mulheres infectadas com o vírus que, entre 2000 e 2014, passou de 15 mil novos casos a 1,9 mil, uma queda de 87%.

  • 64, 65 ou 73, afinal quantas são as vítimas de Pedrógão?
    1:27
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC