sicnot

Perfil

Mundo

Livro de fotojornalista português sobre crianças escravas angariou 26 mil €

O projeto de um livro sobre milhares de crianças escravizadas no Senegal, com imagens do fotojornalista português Mário Cruz, conseguiu angariar 29.684 dólares (cerca de 26 mil euros), superando o valor necessário para ser publicado.

MÁRIO CRUZ/LUSA

A verba foi entregue por 371 doadores de todo o mundo através de um portal na Internet, Kickstarter, especializado em angariação de fundos (crowdfunding) e o prazo para ofertas terminou hoje.

"Estou bastante feliz por perceber que a mensagem passou e que o livro vai ser criado para servir de prova" dos maus-tratos contra crianças, disse o fotojornalista da Lusa na terça-feira, quando a meta de 28 mil dólares (cerca de 25 mil euros) foi alcançada - dois dias antes do fim da campanha.

O livro que vai denunciar as falsas escolas corânicas do Senegal deverá ter entre 65 a 75 fotos e Mário Cruz espera vê-lo publicado até final de setembro.

"Agora vamos tentar perceber como distribuir o livro e produzi-lo o mais rapidamente possível para que esta prova física chegue às mãos das pessoas do Senegal, Guiné-Bissau e um pouco por todo o mundo", concluiu.

A Guiné-Bissau é um dos países onde são recrutadas mais crianças, entre os cinco e os 15 anos.

O projeto "Talibes Modern Day Slaves" resulta do desafio lançado ao fotojornalista pela FotoEvidence, organização internacional que premeia e cria publicações de reportagens sobre injustiças sociais e violações dos direitos humanos.

Há um ano, Mário Cruz tirou uma licença sem vencimento e passou dois meses no Senegal a investigar e fotografar a vida de crianças 'talibés', que vivem em falsas escolas de ensino do Corão (escrituras sagradas muçulmanas) e mendigam pelas ruas.

Na altura, viajou também até à Guiné-Bissau onde conheceu famílias de crianças escravas.

As fotografias captadas por Mário Cruz, 28 anos, valeram-lhe o primeiro prémio do World Press Photo, na categoria Assuntos Contemporâneos e ainda o Prémio Estação Imagem 2016.

Antes disso, a revista de distribuição internacional Newsweek publicou 20 imagens do trabalho.

Lusa

  • Português premiado no World Press Photo
    2:17

    Cultura

    O fotógrafo português, Mário Cruz, foi premiado na categoria Temas Contemporâneos do concurso World Press Photo. O trabalho premiado do foto-jornalista da Agência Lusa retrata o tráfico e exploração infantil no Senegal. O australiano Warren Richardson foi o vencedor do prémio principal com a fotografia sobre a crise dos refugiados.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.