sicnot

Perfil

Mundo

Celebrações do 90º aniversário da Rainha Isabel decorrem este fim de semana

A monarquia britânica tem muitas particularidades e celebrar o aniversário da Rainha duas vezes ao ano é uma delas. Isabel II completou os 90 anos em abril mas, como manda a tradição, a festa faz-se em junho.

© Toby Melville / Reuters

Esta manhã, todos os elementos da família real assistiram à parada militar que remonta ao séc. XVIII. Este ano as comemorações coincidem com o aniversário do principe consorte. Filipe completou 95 anos, 66 deles ao lado da monarca.

À festa não faltou Camila Parker-Bowles, apesar dos rumores de separação devido à recente polémica das fotos comprometedoras.

É um fim de semana de tréguas também nas campanhas a favor e contra o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia.

  • Gala dos 90 anos da rainha Isabel II no Castelo de Windsor
    0:42

    Mundo

    Os festejos dos 90 anos da rainha Isabel II continuam no Reino Unido e, este domingo, a celebração no Castelo de Windsor foi dedicada aos cavalos, uma das grandes paixões da rainha. Mais de 900 cavalos e 1500 cavaleiros fizeram parte do espetáculo que contou ainda com a presença de Andrea Boccelli, Kylie Minogue e James Blunt, entre outros convidados musicais. A família real compareceu em peso na gala dos 90 anos da rainha Isabel II de Inglaterra que está no trono há mais de 64 anos.

  • Isabel II faz 90 anos
    4:49

    Mundo

    Isabel II faz 90 anos esta quinta-feira. É a monarca mais velha do mundo e a recordista num trono. A rainha nasceu em 1926 e é filha dos duques de York. Isabel casou com Philip, que recebeu o título de Duque de Edimburgo, com quem teve quatro filhos. A monarca chefia o Governo britânico e preside à Commonwealth e é rainha de 16 países. Durante o seu reinado já trabalhou com 12 primeiro-ministros britânicos e 12 Presidentes dos Estados Unidos.

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela. 

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28