sicnot

Perfil

Mundo

Matadouros vietnamitas abatem animais com marretadas na cabeça

Um funcionário de um matadouro vietnamita foi filmado a dar marretadas a animais de exportação provenientes da Austrália por ativistas da Animals Australia, que cederam um vídeo para transmissão na televisão pública australiana.

© Ross Courtney / Reuters

Disfarçados, os ativistas conseguiram filmar no mês passado um funcionário a acertar cinco vezes com uma marreta na cabeça de um bovino antes de o animal cair no chão, ao lado de duas vacas mortas. O homem continuou e deu mais quatro marretadas na vaca, até esta morrer.

O grupo de ativistas disse ter feito a "operação mais perigosa de sempre" ao visitar 13 matadouros no norte e centro do Vietname, um dos maiores mercados de exportação de gado australiano e que desenvolve uma indústria multimilionária no abate de animais.

Desses 13 espaços, apenas dois "cumpriram os requerimentos australianos de matadouros aprovados", disse a diretora da campanha, Lyn White, ao canal televisivo público australiano ABC, que hoje transmitiu o vídeo na televisão nacional.

"Pensava ter visto de tudo, mas não vi", disse a ativista.

Animals Australia viu que as mossas de identificação eram retiradas das orelhas dos animais, para não se poder encontrar os exportadores, e as mortes aconteciam "em condições sem higiene e imundas".

É a segunda vez que o grupo consegue filmar alegados abusos nos matadouros vietnamitas, declarando que milhares de animais vindos da Austrália são abatidos em instalações não aprovadas por Camberra, condição exigida no controlo de exportações.

White disse que a organização decidiu não publicar o vídeo que filmou no ano passado, enviando-o apenas ao Conselho Australiano de Exportadores de Gado (ALEC, na sigla em inglês).

Segundo White, o Conselho prometeu responder dentro de seis semanas, mas não fez qualquer ação.

O presidente da ALEC, Simon Crean, disse à ABC que os procedimentos filmados eram indesculpáveis, pois "nenhum animal devia passar pelo medo ou pela dor".

Crean declarou que o Conselho decidiu "parar o fornecimento de gado às instalações que se encontram sob investigação".

Num comunicado, o conselho de exportadores referiu que a exportação está suspensa para a região vietnamita Bai Do e para um curral em Haiphong.

Na nota pode ler-se ainda que o órgão vai rever a gestão e supervisão do controlo e rastreabilidade de bovinos para perceber como é que alguns mamíferos podem ser enviados para instalações não aprovadas.

O departamento governamental da Agricultura e dos Recursos Hídricos encomendou uma investigação e admitiu que os animais do vídeo eram provenientes da Austrália.

"Os exportadores foram imediatamente alertados da queixa para que pudessem agir com urgência com vista à proteção do bem-estar dos animais que se encontram no Vietname", foi uma afirmação da autoridade.

A exportação do gado da Austrália já foi alvo de grande atenção mediática, como em 2013, quando o envio para o Egito esteve cortado durante meses devido a gravações que mostravam tratamento "horrífico" de vacas.

As trocas com a Indonésia foram suspensas em 2011 devido às atrocidades cometidas pelo país do arquipélago situado entre os continentes asiático e australiano.

As estimativas do governo apontam para uma exportação anual de gado no valor de 800 milhões de dólares (717 milhões de euros), uma atividade que emprega milhares de pessoas.

Lusa

  • Salgado impedido de sair do país e de contactar outros arguidos
    1:21

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, ficou esta quarta-feira impedido de se ausentar para o estrangeiro sem autorização prévia e proibido de contactar com os arguidos da Operação Marquês, determinou o Tribunal Central de Instrução Criminal. O jornalista da SIC Luís Garriapa esteve no TCIC, onde deu a conhecer as medidas de coação, depois de uma "longa maratona de nove horas".

  • Temperatura global de 2016 foi a mais alta desde 1880

    Mundo

    A temperatura média na superfície terrestre e oceânica em 2016 foi a mais alta desde 1880, no terceiro ano consecutivo de recordes do aquecimento global, anunciou esta quarta-feira a agência dos Estados Unidos para a atmosfera e os oceanos.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..