sicnot

Perfil

Mundo

Arroz de Fukushima vendido no Reino Unido

O Reino Unido será o primeiro país da União Europeia (UE) a voltar a comercializar arroz de Fukushima depois de a região japonesa ter sido, há cinco anos, palco de uma das piores catástrofes nucleares da história.

Arrozal em Fukushima

Arrozal em Fukushima

REUTERS

A partir de julho, o produto estará disponível em vários espaços comerciais de Londres, graças a uma campanha de um grupo de japoneses oriundos de Fukushima residentes no Reino Unido e a uma cooperativa agrícola local, informa hoje o jornal Japan Times.

Os dois grupos conseguiram que fossem exportadas 1,9 toneladas de uma variedade de arroz denominada "Ten no tsubu" ("grão do céu", em japonês).

Segundo dados do Ministério dos Negócios Estrangeiros japonês, relativos ao mês de março, 34 países ainda aplicam proibições ou limitações de algum tipo a produtos cultivados na prefeitura de Fukushima ou arredores por receio de que estejam contaminados.

Desde o passado mês de janeiro, a UE permite importar chá, produtos de origem animal ou fruta (com exceção de dióspiro) sem necessidade de certificados que comprovem que passaram com sucesso os controlos de radiação.

No entanto, o arroz de Fukushima ainda tem de ser acompanhado de um destes documentos que certificam que passou os testes no Japão, bem como no país de destino, para poder entrar na UE.

As 1,9 toneladas vão chegar acompanhadas de um certificado de origem ao Reino Unido, que se torna o terceiro país do mundo a importar arroz de Fukushima desde o acidente, depois da Malásia e de Singapura.

As emissões radioativas que resultaram do desastre na central de Fukushima Daiichi, provocado pelo sismo e 'tsunami' em março de 2011, ainda mantêm deslocadas milhares de pessoas que viviam junto à central, e afetaram a agricultura, criação de animais e pesca.

Lusa

  • Japão, EUA e França vão trabalhar juntos para desmantelar central nuclear de Fukushima

    Mundo

    Japão, Estados Unidos e França vão trabalhar juntos para desmantelar a central nuclear de Fukushima. Os três governos vão trabalhar para desenvolver as tecnologias necessárias para retirar o combustível fundido da central nuclear. Na sexta-feira, dia 11, fez cinco anos desde que um terramoto, seguido de um tsunami, provocou a pior crise nucelar desde Chernobil em 86. Em cinco anos foi concluído apenas 10 por cento do trabalho para desmantelar a central.

  • Tsunami no Japão foi há 5 anos
    3:05

    Mundo

    Faz hoje 5 anos que o nordeste do Japão foi abalado por um sismo e tsunami que desencadearam o desastre nuclear de Fukushima. Este foi o pior desastre nuclear desde Chernobil.

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC