sicnot

Perfil

Mundo

Branqueamento da Grande Barreira de Coral pode custar um milhão de turistas à Austrália

O branqueamento da Grande Barreira de Coral na Austrália pode fazer o país perder mais de um milhão de visitantes e elevadas somas em receitas turísticas, indica um estudo hoje divulgado.

© David Gray / Reuters

O coral, classificado como património mundial, tem tido um processo sem precedentes de branqueamento que já levou a que um quarto dos corais tenha morrido.

"O turismo nas áreas de recife está em risco de perder mais de um milhão de visitantes por ano", indica o relatório do 'think-tank' independente Instituto Australiano.

O instituto estimou ainda a perda de cerca de 747 milhões de dólares em receitas, caso os turistas decidam não viajar para a região.

Cerca de dez mil empregos no estado de Queensland ficam em risco, caso se verifique uma queda no turismo, a maior indústria da zona.

"A continuação do branqueamento pode não só afetar o estatuto do recife como principal destino internacional de turismo, mas também ter um impacto na identidade da Austrália, como destino internacional de turismo", diz o relatório.

No ano passado, cerca de 3,5 milhões de turistas, a maioria australianos, visitaram as zonas junto ao recife.

O instituto entrevistou milhares de australianos e turistas dos principais mercados - China, Estados Unidos e Reino Unido.

Mais de um terço dos australianos disseram ser mais provável viajarem para outras zonas do país se o branqueamento continuar.

No que toca aos turistas estrangeiros inquiridos, mais de metade dos chineses e cerca de um terço dos norte-americanos e britânicos disseram ser mais provável visitarem outro país, caso a deterioração dos corais continue.

Lusa

  • Adeptos do Sporting gritaram "Joguem à bola"

    Desporto

    Depois da eliminação da Taça de Portugal, o autocarro do Sporting deixou o Estádio Municipal de Chaves em clima de grante tensão. Vários adeptos leoninos protestaram contra a equipa e pediram explicações.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.