sicnot

Perfil

Mundo

Cinto de explosivos falso tinha sal e biscoitos, revela Ministério Público de Bruxelas

O Ministério Público de Bruxelas revelou hoje que o cinto de explosivos falso que motivou um alarme de ameaça de bomba esta manhã no centro da cidade continha sal e biscoitos e foi usado por um homem já conhecido pelas autoridades.

reuters

Em comunicado, a mesma fonte indicou que o detido, identificado como "JB", nascido em 1990, era conhecido da polícia e terá problemas psiquiátricos, estando ainda a ser determinado se a ação tem ligações a atos terroristas.

A polícia da zona de Bruxelas capital-Ixelles afirmou ter recebido uma chamada pelas 05:30 locais (04:30 de Lisboa) de alguém que afirmava ter sido sequestrado e colocada na Rua Neuve com um cinto de explosivos, que seria rebentado remotamente por uma outra pessoa.

A polícia deslocou-se para o local, identificou o autor do telefonema como JB e detetou um objeto que podia ser comparado a um cinto de explosivos.

No local foi montado um perímetro de segurança, retirado o cinto do homem e, num primeiro exame, revelado que se tratava de um objeto com sal e biscoitos, tendo sido afastada a possibilidade de explosão.

Com as informações dadas por JB, um automóvel foi identificado na comuna de Schaerbeek, devendo o seu proprietário ser ouvido.

Segundo um comunicado do ministério, JB contactou recentemente a polícia para informar a sua intenção de se juntar aos extremistas do grupo Estado Islâmico na Síria. Depois de várias investigações, essa declaração não foi confirmada, nem negada.

"JB está atualmente a ser investigado para determinar se está ligado, ou não, a atos de terrorismo, ou se se tratou de uma falsa ameaça de ataque".

O primeiro-ministro belga tinha já afirmado que "a situação está sob controlo" em Bruxelas, após uma reunião do conselho nacional de segurança.

O burgomestre de Bruxelas, Yvan Mayeur, comentou não haver qualquer ameaça particular sobre as lojas do centro da capital, garantindo que o perímetro será totalmente levantado quando terminar a intervenção policial e que não há qualquer ordem para encerrar o comércio.

Reivindicados pelo autoproclamado Estado Islâmico, os ataques no aeroporto e numa estação de metropolitano de Bruxelas a 22 de março causaram 32 mortos e mais de 300 feridos.

  • Primeiro-ministro belga garante que situação está controlada
    0:21

    Mundo

    O primeiro-ministro belga convocou esta manhã o Conselho Nacional de Segurança, na sequência de um alerta de bomba e da detenção de um homem junto a um centro comercial, depois de ter ligado à polícia a dizer que tinha um cinto de explosivos. À saída do encontro, o responsável belga garantiu que a situação está controlada.

  • Homem detido numa operação antiterrorismo em Bruxelas

    Mundo

    A polícia belga deteve hoje um homem, que poderia ter explosivos consigo, junto a um centro comercial no centro de Bruxelas. O centro comercial City2 chegou a ser evacuado, mas não foram encontrados explosivos no suspeito. O primeiro-ministro já afirmou que "a situação está sob controlo".

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.