sicnot

Perfil

Mundo

Camionista preso por impedir passagem de caravana do presidente do Zimbabué

Um camionista zimbabueano foi condenado a dois anos de prisão por ter impedido a passagem da caravana do presidente Robert Mugabe na capital Harare, informou hoje um diário local.

1980 - O dirigente negro da Rodésia Robert Mugabe vence as eleições que conduzirão o país à independência sob o nome de Zimbabué.

1980 - O dirigente negro da Rodésia Robert Mugabe vence as eleições que conduzirão o país à independência sob o nome de Zimbabué.

(Reuters/ Arquivo)

Segundo o jornal privado NewsDay, Joseph Chakanetsa foi condenado na quinta-feira pelo tribunal de Harare por condução negligente, pois não deixou passar no sábado a escolta de Mugabe que acompanhava o presidente até casa. Fica ainda impedido para sempre de conduzir um camião.

Chakanetsa "foi condenado após se ter declarado culpado", refere o jornal, adiantando que o motorista declarou ao tribunal não ter percebido que se tratava da escolta presidencial atrás do seu camião.

"Ele declarou que o barulho do camião o impediu de ouvir as sirenes da polícia. E quando percebeu que estava no meio da caravana presidencial, ele literalmente perdeu a cabeça", indica o NewsDay.

O motorista foi detido a 10 quilómetros de distância, depois de ter tentado fugir passando vários sinais vermelhos e utilizando ruas de sentido proibido.

O presidente Mugabe desloca-se com uma caravana de 10 viaturas e motos e os condutores que perturbam a escolta arriscam a prisão ou serem espancados pelos seus serviços de segurança.

Lusa

  • Bombeiros ficaram de prevenção após intoxicação em Corroios
    1:16

    País

    17 alunos da escola EB 2+3 em Corroios, no Seixal, foram hospitalizados esta segunda-feira com sintomas de intoxicação alimentar. Os alunos, entre os 7 e os 14 anos, foram transportados 12 para o hospital Garcia de Orta, em Almada e cinco para o hospital do Barreiro. O transporte foi feito pelos bombeiros voluntários da Amora e do Seixal mantiveram uma equipa de socorro no local apenas por prevenção.

  • "Nada mais há a dizer" sobre a Caixa
    0:13

    Caso CGD

    O primeiro-ministro voltou esta segunda-feira a dizer que já não há nada para discutir, na polémica sobre a entrega de declarações de património dos gestores da CGD. Foram as declarações de António Costa, na Cidade da Praia, à margem da quarta cimeira bilateral entre Portugal e Cabo Verde.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46