sicnot

Perfil

Mundo

Lady Gaga banida da China após encontro com Dalai Lama

O Governo chinês deu ordens para banir todo o reportório de Lady Gaga. A China diz que o encontro da cantora com o líder espiritual tibetano, Dalai Lama, soltou a fúria no país.

reuters

reuters

A cantora juntou-se ao rol de celebridades do Ocidente que se encontraram com o líder espiritual tibetano. Os dois encontraram-se durante o fim de semana, em Indianapolis, nos Estados Unidos, à margem da conferência anual dos presidentes de câmara norte-americanos, onde ambos participaram como conferencistas num painel sobre a paz nas cidades mundiais.

"Vou deixar de seguir Lady Gaga. O interesse nacional está acima de qualquer ídolo", escreveu um utilizador do serviço semelhante ao Twitter na China, o Weibo.

"Estou mesmo desiludido. Adorava Lady Gaga, pelo seu caráter e por aquilo que atingiu. Mas agora percebo que ela não se interessa pelos fãs chineses. Em todos estes anos, o amor por ela foi em vão", escreveu um outro.

O Dalai Lama, exilado na Índia desde 1959, é considerado hostil pela China.

Segundo o The Guardian, o Governo chinês baniu todo o reportório de Lady Gaga do território da China. O ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Hong Lei, emitiu um comunicado condenando Gaga por se envolver na questão da independência do Tibete.

Em 2011,Lady Gaga entrou na "lista negra" das autoridades locais devido às letras das suas canções, consideradas inadequadas. Artistas como Katy Perry e os Backstreet Boys tiveram o mesmo problema.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.