sicnot

Perfil

Mundo

EUA mantêm compromisso de receber 10 mil refugiados sírios até outubro

Os Estados Unidos mantêm o compromisso de receber 10 mil refugiados sírios até 01 de outubro deste ano apesar dos bloqueios administrativos e políticos, assegurou hoje o secretário da Segurança Interna norte-americano Jeh Johnson.

(Arquivo)

(Arquivo)

Reuters

Os Estados Unidos "acabaram de atingir a fasquia dos 5.000" refugiados sírios e 5.000 a 6.000 outros pedidos [de asilo] obtiveram "a aprovação provisória", referiu o representante diante de uma comissão no Senado (câmara alta do Congresso norte-americano).

"Sendo assim, acho que vamos passar a fasquia dos 10.000" refugiados sírios, prosseguiu o secretário da Segurança Interna.

Perante a crise humanitária provocada pela guerra civil na Síria, o Presidente norte-americano, Barack Obama, defendeu um maior acolhimento de refugiados sírios durante o ano fiscal de 2016, que termina a 30 de setembro.

Mas os obstáculos administrativos, as dúvidas sobre os critérios de acolhimento e as iniciativas políticas no Congresso visando a redução da imigração têm atrasado todo o processo.

Os Estados Unidos também estão a ter em conta "critérios de segurança", acrescentou Jeh Johnson.

Após os ataques terroristas em Paris em novembro de 2015, vários congressistas, bem como o potencial candidato presidencial republicano Donald Trump, advertiram para o risco de elementos do grupo extremista Estado Islâmico (EI) estarem infiltrados entre os refugiados.

O diretor da CIA (agência de serviços secretos norte-americana) John Brennan admitiu recentemente que o EI poderia tentar entrar em países ocidentais através "das vagas de refugiados, clandestinos ou de métodos legais de viagem".

Em reação, Donald Trump pediu a suspensão do processo de acolhimento de refugiados oriundos do Médio Oriente.

"O nosso país já tem agora problemas suficientes mesmo sem deixar entrar os sírios", declarou Trump no início deste mês.

"Eles podem ser do EI. Eles podem ser qualquer pessoa. Mas vamos parar com isso imediatamente", reforçou o potencial candidato republicano nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, agendadas para 08 de novembro deste ano.

Já a sua rival mais direta nas presidenciais, a democrata Hillary Clinton, sugeriu que os Estados Unidos recebam até 65.000 refugiados sírios.

Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.