sicnot

Perfil

Mundo

Vários feridos e detidos em confrontos na Bolívia

Violentos confrontos eclodiram, na quarta-feira, entre polícias e funcionários de fábricas na Bolívia durante as manifestações contra as leis do Presidente Evo Morales, resultando em vários feridos e detidos, segundo fontes governamentais e sindicais.

"Quatro polícias ficaram feridos", após terem sido atacados com pedras, disse, em conferência de imprensa, o ministro do Interior, Carlos Romero.

A polícia utilizou gás lacrimogéneo para desimpedir uma artéria de Cochabamba, cidade situada a 400 quilómetros a leste da capital, La Paz, que estava bloqueada desde a manhã de quarta-feira pelos operários.

A dirigente sindical Angel Camacho garantiu, por seu turno, em declarações aos jornalistas, que mais de 60 pessoas foram detidas e que "várias" foram feridas pela polícia.

Inúmeras marchas foram organizadas na quarta-feira em seis de nove regiões da Bolívia, e as ruas foram bloqueadas no arranque dos três dias de protestos convocados pela Central operária boliviana (Cob), a maior do país, que era até aqui aliada do Presidente Evo Morales.

A Cob exige a anulação de um decreto que ordena o fecho de uma fábrica têxtil do Estado, bem como alteração a outras regras sobre o funcionamento das empresas públicas, pensões e os direitos dos trabalhadores.

Lusa

  • Mergulhadores espanhóis e forenses envolvidos nas buscas no rio Minho
    0:35

    País

    A Polícia Marítima confirmou à SIC que já estão a ser efetuados os primeiros mergulhos à superfície com uma equipa de mergulhadores espanhóis, que foram os primeiros a chegar a local. Durante a tarde desde domingo deve chegar ao local a equipa de mergulhadores forenses de Lisboa para ajudaram nas operações de busca ao pescador que desapareceu ontem à noite de em Alvaredo, concelho de Melgaço, no distrito de Viana do Castelo.

  • Portugal vai começar a testar carros autónomos com Espanha
    1:57

    País

    Portugal vai começar a testar carros sem condutor. O acordo entre os governos português e espanhol foi recentemente assinado para criar corredores onde os veículos possam circular. Um dos objetivos deste novo conceito é diminuir a sinistralidade.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00