sicnot

Perfil

Mundo

Vários feridos e detidos em confrontos na Bolívia

Violentos confrontos eclodiram, na quarta-feira, entre polícias e funcionários de fábricas na Bolívia durante as manifestações contra as leis do Presidente Evo Morales, resultando em vários feridos e detidos, segundo fontes governamentais e sindicais.

"Quatro polícias ficaram feridos", após terem sido atacados com pedras, disse, em conferência de imprensa, o ministro do Interior, Carlos Romero.

A polícia utilizou gás lacrimogéneo para desimpedir uma artéria de Cochabamba, cidade situada a 400 quilómetros a leste da capital, La Paz, que estava bloqueada desde a manhã de quarta-feira pelos operários.

A dirigente sindical Angel Camacho garantiu, por seu turno, em declarações aos jornalistas, que mais de 60 pessoas foram detidas e que "várias" foram feridas pela polícia.

Inúmeras marchas foram organizadas na quarta-feira em seis de nove regiões da Bolívia, e as ruas foram bloqueadas no arranque dos três dias de protestos convocados pela Central operária boliviana (Cob), a maior do país, que era até aqui aliada do Presidente Evo Morales.

A Cob exige a anulação de um decreto que ordena o fecho de uma fábrica têxtil do Estado, bem como alteração a outras regras sobre o funcionamento das empresas públicas, pensões e os direitos dos trabalhadores.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.