sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 88 mil afetados pelas inundações do nordeste da Índia

Mais de 88.000 pessoas foram afetadas pelas inundações causadas pelas chuvas de monção no estado do nordeste indiano de Assam, onde foram criados sete campos de ajuda e declarado o alerta em várias regiões.

Rajesh Kumar Singh

Segundo dados da autoridade de Gestão de Desastres de Assam (ASDMA), o aumento do nível dos rios e as frequentes chuvas dos últimos dias afetaram 88.390 pessoas em 257 localidades de sete distritos desta região.

A ASDMA informou também que mais de 6.000 hectares de cultivo ficaram danificados pelas inundações, que causaram a morte de gado.

O santuário natural de Pobitora, localizado no distrito de Morigaon, foi também afetado pelas inundações, indicou a agência indiana Press Trust of India (PTI).

O exército indiano colaborou nos campos de socorro com o fornecimento de alimentos.

No fim de semana, 18 pessoas morreram devido à precipitação no estado de Uttarakhand, no norte da India.

Nos meses de julho e agosto, as chuvas de monção afetam o sudeste asiático, causando inundações.

Lusa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.