sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte diz que sanções dos EUA contra Kim Jong-Un são declaração de guerra

As autoridades de Pyongyang afirmaram hoje que as sanções financeiras aplicadas pelos Estados Unidos contra o líder norte-coreano Kim Jong-Un equivalem a uma "declaração de guerra".

© KCNA KCNA / Reuters

As sanções constituem "o ato mais hostil" por parte dos norte-americanos e uma "declaração, nítida, de guerra", afirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte, em comunicado.

Os Estados Unidos colocaram, na quarta-feira, Kim Jong-Un na sua lista negra de sanções, afirmando que este é diretamente responsável por uma longa lista de violações graves dos direitos humanos.

Estas sanções são as primeiras que nomeiam o "líder supremo" do país e também as primeiras a acusar o Estado norte-coreano de violações dos direitos humanos.

Pyongyang, na sua primeira resposta às sanções, pediu a Washington que as retirasse imediatamente, alertando que a Coreia do Norte cortaria de imediato todos os laços diplomáticos.

"Os Estados Unidos atreveram-se a desafiar a autoridade máxima do nosso Estado, e cometeram o ato mais hostil de sempre, que vai para além do confronto sobre a chamada questão dos direitos humanos. Trata-se de uma declaração, nítida, de guerra", lê-se no comunicado.

"Agora que os EUA declararam guerra contra nós, todos os problemas decorrentes de relações com os EUA vão imediatamente ser tratados de acordo com as leis do tempo de guerra", garante Pyongyang.

A Coreia do Norte vai tomar "contramedidas extremamente fortes" em resposta, acrescentou, sem entrar em detalhes sobre o que tal significa.

Lusa

  • Marcelo condecora hoje Francisco Sá Carneiro a título póstumo
    0:55

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa vai condecorar hoje Francisco Sá Carneiro, a título póstumo. A cerimónia será incluída nas celebrações do 25 de Abril. Também a título póstumo, o Presidente da República vai ainda homenagear o antigo bispo do Porto D. António Ferreira Gomes. As condecorações têm lugar esta tarde no Palácio de Belém para onde já estava marcada a condecoração do arquiteto Siza Vieira. Todos, diz Marcelo, são figuras ligadas à liberdade e democracia.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.