sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte diz que sanções dos EUA contra Kim Jong-Un são declaração de guerra

As autoridades de Pyongyang afirmaram hoje que as sanções financeiras aplicadas pelos Estados Unidos contra o líder norte-coreano Kim Jong-Un equivalem a uma "declaração de guerra".

© KCNA KCNA / Reuters

As sanções constituem "o ato mais hostil" por parte dos norte-americanos e uma "declaração, nítida, de guerra", afirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte, em comunicado.

Os Estados Unidos colocaram, na quarta-feira, Kim Jong-Un na sua lista negra de sanções, afirmando que este é diretamente responsável por uma longa lista de violações graves dos direitos humanos.

Estas sanções são as primeiras que nomeiam o "líder supremo" do país e também as primeiras a acusar o Estado norte-coreano de violações dos direitos humanos.

Pyongyang, na sua primeira resposta às sanções, pediu a Washington que as retirasse imediatamente, alertando que a Coreia do Norte cortaria de imediato todos os laços diplomáticos.

"Os Estados Unidos atreveram-se a desafiar a autoridade máxima do nosso Estado, e cometeram o ato mais hostil de sempre, que vai para além do confronto sobre a chamada questão dos direitos humanos. Trata-se de uma declaração, nítida, de guerra", lê-se no comunicado.

"Agora que os EUA declararam guerra contra nós, todos os problemas decorrentes de relações com os EUA vão imediatamente ser tratados de acordo com as leis do tempo de guerra", garante Pyongyang.

A Coreia do Norte vai tomar "contramedidas extremamente fortes" em resposta, acrescentou, sem entrar em detalhes sobre o que tal significa.

Lusa

  • Luka Modric: o maestro da armada croata

    Mundial 2018 / Croácia

    O médio Luka Modric foi eleito o Homem do Jogo entre Argentina e Croácia, em que os croatas se impuseram por expressivos 3-0. Em dois jogos, esta é a segunda distinção de Modric como melhor jogador em campo, depois de também ter sido o MVP no triunfo sobre a Nigéria (2-0). Mais que o espetacular golo que apontou, depois de 'partir os rins' a Otamendi, é a constância na qualidade exibicional e um talento que parece inesgotável que fazem dele figura de proa na seleção croata. Promete continuar a encantar em solo russo.

  • Expedição portuguesa descobre novo campo hidrotermal nos Açores
    2:12
  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22