sicnot

Perfil

Mundo

Obama decreta quatro dias de luto nacional pelas vítimas de Dallas

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, declarou hoje quatro dias de luto nacional e a colocação das bandeiras a meia haste em sinal de luto pela morte de cinco polícias no tiroteio de quinta-feira em Dallas (Texas).

LM Otero

"Em sinal de respeito pelas vítimas do atentado contra agentes da polícia em Dallas (Texas), ordeno que a bandeira dos EUA ondule a meia haste na Casa Branca e em todos os edifícios públicos" até 12 de julho, indicou Obama.

A bandeira norte-americana também será colocada a meia haste, em sinal de luto, em todas as representações diplomáticas e bases militares e navios dos Estados Unidos em todo o mundo.

O ataque ocorreu durante uma manifestação convocada em Dallas, e em outras importantes cidades dos EUA, em protesto contra os últimos incidentes de violência policial com conotações racistas registados no país. Nos últimos dias, mais dois negros foram mortos à queima-roupa por polícias, no decurso de operações de rotina.

Segundo as autoridades, o suspeito pelos incidentes em Dallas, que provocaram cinco mortos e sete feridos entre os agentes da polícia, foi identificado como Micah X. Johnson, 25 anos, que também foi morto após permanecer entrincheirado durante mais de uma hora numa garagem, onde manteve um intenso tiroteio com as forças de segurança.

O Pentágono precisou hoje que Micah X. Johnson era reservista do exército norte-americano, designadamente com uma deslocação no Afeganistão. O suspeito esteve colocado neste país asiático entre novembro de 2014 e julho de 2014, como soldado e especialista em marcenaria e alvenaria.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.