sicnot

Perfil

Mundo

Seis mortos em Dallas, incluindo cinco polícias vítimas de tiroteio

Em atualização

Cinco polícias foram mortos esta noite em Dallas, nos Estados Unidos, durante uma manifestação contra a violência policial. Pelo menos dois atiradores balearam 11 agentes da polícia. Três pessoas foram detidas, uma que estava cercada pelas autoridades acabou por disparar sobre si própria, de acordo com as últimas informações. O balanço de mortos sobre assim para seis.

Não é ainda certo o número de atiradores. O chefe da polícia de Dallas revelou que pelo menos dois homens armados colocaram-se em locais "elevados" para atingir os polícias. David Brown acrescentou que, para além dos onze polícias, há também um civil ferido.

Até agora foram feitas três detenções, incluindo uma mulher. Um dos suspeitos entregou-se.

As autoridades estão em negociações com outro dos atiradores, numa garagem na baixa da cidade. "O suspeito com quem estamos a negociar e que disparou contra a polícia nos últimos 45 minutos, disse aos nossos negociadores que existem bombas em vários sítios" no centro da cidade, disse o chefe da polícia.

Protesto contra violência e descriminação racial

Milhares de pessoas manifestaram-se nas últimas horas nos EUA, em cidades como Nova Iorque, Los Angeles e Chicago, para protestar contra a violência policial sobre negros.

As manifestações surgiram após as mortes, registadas em vídeo, de dois homens afro-americanos às mãos da polícia. Philando Castile morreu na quarta-feira em Falcon Heights, no Estado de Minnesota, e Alton Sterling morreu na terça-feira, em Baton Rouge, no Estado de Luisiana.

Com Lusa

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC