sicnot

Perfil

Mundo

Milhares participam em marchas contra a violência nos EUA

Milhares participam em marchas contra a violência nos EUA

Nos Estados Unidos continuam as ondas de choque depois do ataque de ontem em Dallas. Milhares de pessoas participaram em várias marchas contra a violência que resultaram em mais confrontos com a polícia e até Donald Trump comentou o assunto com mais contenção do que é habitual.

  • Milhares de pessoas protestam contra violência policial contra as minorias
    0:41

    Mundo

    Depois da manifestação em Dallas que provou cinco mortes e seis feridos, também em Chicago milhares de pessoas sairam às ruas para protestar contra a violência policial com afro-americanos e outras minorias. A manifestação surge após as mortes, registadas em vídeo, de dois homens afro-americanos às mãos da polícia. Durante a manifestação em Chicago, várias pessoas discursaram, apelando a que haja mais resistência ao abuso de poder pelas autoridades.

  • Suspeito do tiroteio de Dallas era um ex-militar
    2:35

    Mundo

    A polícía de Dallas identificou o principal suspeito do tiroteio que fez cinco mortos e nove feridos durante um protesto contra a morte de dois afro-americanos às mãos da polícia. O homem não tinha antecedentes criminais, nem ligações a grupos terroristas, trata-se de um ex-militar norte-americano.

  • Mensagem de Donald Trump surpreende... pela positiva
    0:56

    Mundo

    Depois de ter emitido um comunicado, Donald Trump reagiu ao ataque de ontem em Dallas num vídeo partilhado no Facebook. O candidato republicano à Casa Branca apelou à solidariedade da população com as autoridades e considerou que ainda há muito trabalho a fazer para que os americanos voltem a sentir-se seguros, numa mensagem que surpreendeu nas redes sociais, por não ter sido polémica.

  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.