sicnot

Perfil

Mundo

Toureiro espanhol morre ao ser atingido por touro nas costas

O toureiro Víctor Barrio, de 29 anos, morreu esta noite na praça de touros de Teruel, leste de Espanha, na sequência de uma colhida pelo terceiro touro da corrida, disseram fontes municipais.

Barrio recebeu cuidados imediatos, mas não resistiu aos ferimentos, acrescentaram as mesmas fontes, que anunciaram a suspensão das festas taurinas.

Nascido a 29 de maio de 1987, Barrio recebeu a alternativa na praça de touros de Las Ventas de Madrid, a 08 de abril de 2012, tendo conquistado várias distinções como melhor toureiro em Bilbau e Santander, e os prémios Alfarero de Oro, Frascuelo de Plata, Espiga de Oro, Mesonero Mayor de Castilla e Chimenea de Oro.

Barrio chegou tarde às lides, depois de trabalhar num campo de golfe, ocupação que conciliava com os estudos.

A decisão foi tomada aos 20 anos. "Sempre senti grande admiração pelos toureiros e pela festa, mas tinha vergonha de dizer que queria ser toureiro e um herói como eles", disse, de acordo com a agência espanhola de notícias.

A morte de Víctor Barrio é a primeira deste século em Espanha, indicou a agência noticiosa EFE.

As mortes dos toureiros Francisco Rivera "Paquirri" (Pozoblanco, Córdoba, 1984) e José Cubero "Yiyo" (Colmenar Viejo, Madrid, 1985), assim como as dos bandarilheiros 'Manolo Montoliú' e Ramón Soto Vargas (ambas em 1992) foram as últimas nas arenas espanholas.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.