sicnot

Perfil

Mundo

Chuchar no dedo ou roer as unhas pode diminuir alergias

As crianças que chucham no dedo ou que roem as unhas são menos propensas a desenvolver alergias ao longo da vida, segundo um estudo publicado hoje.

© Lucas Jackson / Reuters

Se as crianças combinam os dois "maus hábitos" serão provavelmente menos sensíveis aos ácaros, ao feno e ao pólen, e aos pelos de gato, cães e outros animais, segundo o estudo, que foi publicado na última edição da revista médica norte-americana Pedriatrics.

"Os resultados suportam a teoria sobre a higiene segundo a qual ser exposto quando jovem a sujidade e aos germes reduz o risco de desenvolver alergias", disse o professor Malcolm Sears, da Faculdade de Medicina da Universidade McMaster, do Canadá, o principal autor do trabalho.

E acrescentou: "Não recomendamos que essas atitudes sejam encorajadas junto das crianças mas este estudo parece mostrar um lado positivo".

Para o estudo os investigadores trabalharam na Nova Zelândia com um grupo de mil crianças nascidas a partir de 1972. E constaram que dessas 31 por cento chuchavam no dedo ou roíam as unhas.

Entre os participantes, testados entre os 13 e os 32 anos, 45 por cento mostrou predisposição para alergias. Mas dos que costumavam chuchar no dedo ou roer as unhas só 40 por cento tiveram alergias. No grupo dos que chuchavam no dedo e que também roíam as unhas a percentagem diminuiu para 31 por cento.

Lusa

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.