sicnot

Perfil

Mundo

Novos confrontos nas proximidades de base de missão da ONU no Sudão do Sul

As tropas leais ao Presidente sul-sudanês, Salva Kiir, e as fiéis ao seu rival, o vice-presidente, Riek Machar, protagonizaram novos confrontos perto de uma base da missão da ONU no Sudão do Sul em Juba, segundo a organização.

Reuters

Além disso, segundo o diário National Courier, ouviram-se disparos esporádicos na zona de New Site e houve confrontos numa área próxima de um posto de controlo.

A missão da ONU no Sudão do Sul (UNMISS) apelou, no domingo, às partes envolvidas no conflito para cessarem os ataques perto das suas instalações, onde se encontram refugiadas centenas de pessoas e onde procuraram abrigo inúmeros deslocados após o novo surto de violência, que ameaça a frágil paz no país.

"As Nações Unidas instam todas as partes a respeitar a condição da ONU e condenam qualquer tentativa deliberada de ataque às suas instalações e ao seu pessoal", indicou a missão internacional em comunicado.

Desde quinta-feira, mais de 269 pessoas morreram em confrontos entre as forças governamentais e opositoras.

O governo do Presidente Salva Kiir e a oposição armada liderada por Riek Machar alcançaram um acordo de paz em agosto de 2015 e formaram um governo de unidade nacional em abril último.

O acordo prevê que as forças leais aos dois dirigentes políticos sejam integradas no exército sul-sudanês.

A guerra civil no Sudão do Sul, que no domingo cumpriu cinco anos de existência, sendo o país mais jovem do mundo, começou com combates no seio das forças armadas, minadas por conflitos políticos e étnicos alimentados pela rivalidade entre o Presidente Salva Kiir, da etnia dinka, e o seu ex-vice-presidente Riek Machar, da tribo nuer.

A continuação dos combates em diversas zonas do país entre milícias com interesses locais levantam dúvidas sobre a capacidade do acordo de paz resolver o conflito étnico e de poder do Sudão do Sul.

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Cerca de uma centena de granadas e várias munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Só 40% das multas por falta de limpeza dos terrenos foram cobradas em 2016
    1:43

    País

    Este ano, a Guarda Nacional Republicana já autuou mais de 660 proprietários de terrenos, que não cumpriram as regras de prevenção e proteção das florestas contra incêndios, sobretudo as de limpeza. Em 2016, das mais de duas mil multas passadas pela GNR, só 40% foram cobradas. Relativamente a este ano, apenas um terço das multas foram pagas.

  • Porto Design Factory: um lava-louças com tecnologia ultrassom e muitas outras coisas
    1:45
  • Jovens participam na maior competição nacional de aplicações
    2:10

    País

    O presente e o futuro passam cada vez mais pelas novas tecnologias, sobretudo as aplicações. Alunos de cerca de 100 escolas estão a participar na terceira edição da Apps For Good, a maior competição nacional de aplicações desenvolvidas por jovens, que decorre em Matosinhos.

  • O iPhone faz 10 anos
    2:01