sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte poderá vir a ter mísseis lançados a partir de submarinos

A Coreia do Norte poderá ter dentro de um ano um míssil balístico lançado a partir de submarinos, uma arma que aumentará significativamente a ameaça que representa o regime de Pyongyang, disse hoje um especialista norte-americano.

O reflexo da Torre Juche no rio Taedong numa manhã de nevoeiro na Coreia do Norte. O edifício tem 170 metros de altura.

O reflexo da Torre Juche no rio Taedong numa manhã de nevoeiro na Coreia do Norte. O edifício tem 170 metros de altura.

© Damir Sagolj / Reuters

Segundo Joseph Bermudez, especialista em Coreia do Norte que trabalha no instituto americano-coreano da Universidade John Hopkins, em Washington, o teste do míssil deve acontecer nos próximos 12 meses.

Pyongyang pode também estar a desenvolver um submarino capaz de lançar entre oito a 12 misseis, até 2020, acrescentou o responsável.

A Coreia do Norte fez desde 2014 uma série de ensaios para misseis lançados por submarinos, o último na semana passada.

A capacidade de lançar mísseis através de submarinos em vez de instalações fixas será para Washington e para os aliados regionais um "desafio" significativo, disse o especialista.

"A ameaça está num estado inicial mas com o tempo pode tornar-se numa ameaça significativa", acrescentou.

O clima de tensão existente na península coreana aumentou desde que a Coreia do Norte começou a fazer testes nucleares, o último deles (quarto) a 04 de janeiro.

Segundo especialistas o país também está a tentar desenvolver um míssil intercontinental capaz de lançar um ataque nuclear no continente americano.

Os Estados Unidos anunciaram na semana passada que iriam implementar um sistema avançado de defesa antimísseis na Coreia do Sul.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.